A mentira sobre o suposto rebaixamento do Mengão no Carioca de 33


Sempre que alguém questiona os torcedores cariocas não-flamenguistas em relação aos seus rebaixamentos, aparece a história de um suposto rebaixamento do Flamengo em 1933. Quando isso acontece, costumo explicar a real história sobre o que ocorreu naquele ano, mostrando que essa história é absolutamente mentirosa.

Escudo do Flamengo

Em 1933, o futebol brasileiro passava por um processo de profissionalização bastante conturbado. Havia uma verdadeira cisão entre os clubes que queriam o profissionalismo e os que desejavam manter o amadorismo no esporte. No estado do Rio, em especial, América,  Bangu, Fluminense articulavam para adotar oficialmente (já que na prática alguns clubes assim o faziam) o profissionalismo, enquanto o Botafogo era terminantemente contra, contando com apoio do Flamengo e do São Cristóvão. Para adotar o profissionalismo, América, Bonsucesso, Bangu, Fluminense e Vasco fundaram uma nova liga, denominada Liga Carioca de Futebol. Durante o campeonato da A.M.E.A. (entidade que reunia os clubes amadores e que era considerada a liga oficial, já que era vinculada a CBD e à CBF`), Flamengo e São Cristóvão resolveram abandonar a disputa. O Flamengo entrou então no campeonato dos clubes profissionais, que até então só contava com 5 clubes. Neste campeonato de profissionais que, para deixar claro, só tinha 6 clubes (América, Bangu, Bonsucesso, Flamengo, Fluminense e Vasco) o Flamengo ficou em 6º lugar. Neste ano não havia segunda divisão, pois não existia mais nenhum clube profissional no estado do RJ. Logo o Flamengo nunca poderia ser rebaixado. Não houve nenhum tipo de virada de mesa para beneficiar o Flamengo, não havia segunda divisão.

Este caso é bem diferente do que ocorreu, por exemplo, com o Fluminense em 96 (quando ficou em penúltimo lugar, na zona de rebaixamento, e a CBF cancelou o rebaixamento) e em 99 (quando foi alçado direto da Série C para a primeira divisão com a criação da Copa João Havelange).

Ao contrário do que dizia Joseph Goebbels, uma mentira não se torna verdade por ser contada mil vezes.

Como gosto de dizer as coisas com base sobre o que estou falando, coloco abaixo a seção sobre o Carioca de 33 do livro “A história dos Campeonatos Cariocas de Futebol”, de Roberto Mércio.

A História dos Campeonatos Cariocas de Futebol, de Roberto Mércio

A História dos Campeonatos Cariocas de Futebol, de Roberto Mércio

28°. CAMPEONATO CARIOCA -1933

Cisão no futebol carioca e brasileiro. – Fundação da Liga Carioca de Futebol. -Duas entidades. -Dois campeões:  Botafogo e Bangu. -Nilo, do Botafogo, o artilheiro, na A.M.E.A., com 19 gols. -Tião, do Bangu, o goleador, na Liga Carioca, com 13 gols.

* * *

Em 1933 aconteceu o que já era esperado há muito tempo . O falso amadorismo estava no fim. O “amadorismo marrom” estava sendo praticado às escâncaras, com o chamado “bicho”, isto é, as gratificações por vitórias cada vez mais alto. Fluminense, América e Bangu se articularam no sentido de adotar, oficialmente, o profissionalismo, o que, no entender do Botafogo viria a prejudicá-lo, porque do seu time, formado em 32, muitos não aceitariam a profissionalização. Nessa situação se encontravam Victor, Paulinho, Nilo, Moura Costa, Pedrosa, Pamplona, e outros que, realmente, nunca se tornaram profissionais. Depois de várias reuniões, o Botafogo, que ainda contava com o apoio do Flamengo e do São Cristóvão, resolveu ficar na A.M.E .A., não concordando com a fundação de nova entidade para a adoção do profissionalismo. Depois, Flamengo e São Cristóvão resolveram voltar atrás de sua decisão, deixando o Botafogo sozinho na luta pelo amadorismo. Em consequência, houve 2 campeonatos em 1933. Um pela Liga Carioca, o chamado profissional; e outro pela A.M.E.A., dito amador, sendo que este era o oficial por ser esta entidade filiada a CBD -Confederação Brasileira de Desportos,portanto com vínculo internacional com a FIFA –Federação de Football Association. Na Liga Carioca, o Bangu, disputando com Fluminense, Vasco, Bonsucesso, América e Flamengo. A peleja decisiva entre Bangu e Fluminense foi realizada no dia 12 de novembro de 1933, no Estádio das Laranjeiras, tendo como árbitro Alderico Solon Ribeiro. O Bangu jogou desfalcado do zagueiro esquerdo Sá Pinto e do ponta direita Sobral; e o Fluminense sem o goleiro Veloso, todos contundidos. 1° Tempo, Bangu 2 a 0, gols de Ivan (contra) e Tião. No 2°, Plácido e Tião selaram a vitória do Bangu. O Bangu alinhou: Euclides; Mario e Camarão; Ferro, Santana e Médio; Paulista, Laudislau, Tião, Plácido e Orlandinho. O Fluminense com: Armandinho; Ernesto e Cabrera (Nariz, aos 21 do 2°); Marcial, Brant e Ivan; Álvaro, Vicentino (Russo), Russo (Cabrera), Tintas e Valter.

O Bangu, primeiro campeão carioca de profissionais, colheu este resultado no 1° turno: Fluminense, 2 a 0; Vasco 2 a 2; Bonsucesso 4 a 3; América 6 a 2; e Flamengo, 2 a 2. No returno: Fluminense, 4 a 0; Vasco, 0 a 3; Bonsucesso, 5 a 0; América, 7 a 3; e Flamengo, 3 a 1. Em 10 jogos, teve 7 vitórias, 2 empates e 1 derrota (Vasco, 3 a 0). O artilheiro deste campeonato da Liga Carioca foi o centro-avante Tião, do Bangu, com 13 gols em 10 jogos. A formação-base do Bangu era esta: Euclides; Mario e Sá Pinto (Camarão);  Ferro (Paiva), Santana e Médio; Sobral, Ladislau, Tião, Plácido e Orlandinho. Luiz Vinhais e Jayme Mathias Ricão dirigiram o time. O presidente do Bangu era o Sr. José Alberto Guimarães. A classificação final da Liga Carioca foi esta: 1.°) Bangu, 4 p.p. (campeão); 2.°) Fluminense, 8; 3.°) Vasco e Bonsucesso, 10; 5°) América, 13; 6°) Flamengo, 15. Observação: O Bonsucesso ganhou os pontos do returno com o Flamengo.

Na A.M.E.A. , o Botafogo sagrou-se bi-campeão, com aquele timaço, enfraquecido pela saída de alguns jogadores que resolveram se profissionalizar, já que os dirigentes do clube resolveram liberar aqueles que quizessem sair. O Botafogo teve esses resultados no 1.° turno. Andaraí, 1 a 0; Olaria, 1 a 3; Engenho de Dentro, 5 a 1; Confiança, 2 a 2; Portuguesa, 9 a 2; Mavílis, 4 a 1; Cocotá, 7 a 4; Brasil, 2 a 1; e River, 2 a 1. No returno: Andaraí, 3 a 2; Olaria, 1 a  1; Mavílis, 3 a 0; Cocotá, 1 a 1; Brasil, 2 a 1; e River, 3 a 2. Em 18 jogos, 12 vitórias, 4 empates e 2 derrotas (Olaria, 3 a 1 e Engenho de Dentro, 4 a 2). Marcou 50 gols e sofreu 27. O artilheiro desse campeonato da A.M.E.A. foi Nilo, do Botafogo, com 19 gols em 10 pelejas. A equipe-base do Botafogo foi esta: Victor; Rogério e Vicente; Afonso, Ariel e Pamplona; Cartolano, Nilo, Carvalho Leite, Jaime e Pirica. Também jogaram: Teté, Badu, Canali, Átila, Elói, Mourinha, Walter, Ludovico, Mosquera, Borges, Corisco, Dondon e Baiano. O presidente do Botafogo era o Sr. Paulo Azeredo. A colocação final da A.M.E.A. – Associação Metropolitana de Esportes Atléticos, por pontos perdidos, foi esta: 1.° – (campeão), Botafogo, 8; 2° – Andaraí, 14; 3.° – Olaria, 15; 4.° – Confiança, 17; 5.° – Portuguesa e Engenho de Dentro, 18; 7°. – Cocotá, 19; 8.° – Mavílis, 22; 9.° Brasil e River, 25. Flamengo, São Cristóvão e Carioca abandonaram o campeonato, depois de terem disputado alguns jogos, no início do certame. O Confiança ganhou os pontos do jogo com Brasil pelo 1° turno.

Deve-se ressaltar que a cisão atingiu todo o futebol brasileiro, tendo os clubes que queriam adotar o profissionalismo criado a Federação Brasileira de Futebol – FBF, que teve como 1.° Presidente o Sr. Sérgio Meira, do São Paulo F.C.; e como vice o Sr. Plínio Leite, do América F.C. do Rio. A CBF, contudo, continuava, no âmbito internacional, como a entidade oficial, vinculada à FIFA. O seu presidente era o Sr. Renato Pacheco que, pouco depois, renunciaria, tendo assumido o cargo o Sr. Luiz Aranha, figura que, juntamente com Carlito Rocha sustentou, até o fim,  a luta com as chamadas “Especializadas”, como eram denominadas as entidades profissionais. Neste lado, os nomes de maior destaque era os srs. Arnaldo Guinle e Oscar Costa, ambos do Fluminense e Antonio Gomes de Avelar, do América F.C.

— Atualização as 22:50 do dia 09/05/2012 —

Adiciono abaixo um trecho do comentário da leitora  Renata Timbó, que fez um levantamento bastante relevante sobre o histórico de acesso e rebaixamento no Campeonato Carioca.

Fiz um levantamento de 75 anos do campeonato carioca de 1906 ate 1981. Em todos esses anos em apenas 8 anos tiveram rebaixamentos em todos os 67 restantes não tiveram rebaixamento. O rebaixamento começou a ocorrer a partir de 1981 todos os anos. Nos 8 anos que tiveram rebaixamento notadamente foram meramente um teste pois não tinha uma sequencia ao longo dos anos e o rebaixamento apenas a partir de 1981 passou a ser todo ano. Como eu posso ter sido rebaixada se não existia rebaixamento??? Outro detalhe: olhem para o ano de 1921(fluminense ultimo lugar) e olhem pra 1923(botafogo em ultimo lugar). Observem ainda de 1941-1944(Bonsucesso ultimo lugar seguidamente, se existisse rebaixamento ele não estaria ali) e tem outros exemplos de times que ficaram em ultimo 2x em anos seguidos.

Sem contar que os campeões da segunda divisão não subiam pra primeira. Fica claro que não existia rebaixamento naquela época e se tivesse existido o fluminense e botafogo teriam sido rebaixados muitos anos antes.

ULTIMO LUGAR NO CAMPEONATO CARIOCA:
1906: Football & Athletic 1907: Internacional 1908: Riachuelo1909: mangueira , 1911: Paysandu, 1912: Internacional , 1912: Mangueira, 1916: São cristovão , 1917: Vila isabel 1918: Mangueira, 1921: FLUMINENSE, 1922: São Critovao, 1923: botafogo, 1924: SC Brasil, 1924: Progresso, 1925: SC Brasil, 1926: SC brasil, 1927: Vila isabel, 1929: SC Brasil, 1930: SC Brasil, 1931: Carioca, 1932: SC brasil, 1933: flamengo, 1934: Bonsucesso, 1935: portuguesa, 1936: Jequiá, 1937: Andarahy 1938: Madureira, 1939: Bonsucesso, 1940: Bangu, 1941: Bonsucesso, 1942: Bonsucesso, 1943: Bonsucesso, 1944: Bonsucesso, 1945: 1945: Madureira, 1946: Bonsucesso, 1947: Bonsucesso, 1948: Madureira, 1949: Canto do Rio, 1950 :São Cristovão 1951: Canto do rio, 1952: Bonsucesso, 1953: Canto do rio, 1954: Canto do rio, 1955: Madureira, 1956: Portuguesa 1957 : Olaria , 1958: Olaria, 1959: Portuguesa, 1960: São cristovao, 1961: Madureira, 1962:Canto do rio 1963: Madureira, 1965: Portuguesa, 1966: Madureira, 1967: São Cristovão, 1968 :São Cristovão, 1969: Madureira, 1970: Portuguesa 1971: São cristovão, 1972: Madureira, 1973:São Cristovão 1974: Bangu, 1975: Campo grande, 1976: Bangu, 1977:Campo Grande, 1978:Campo Grande , 1979: AD niteroi,
ULTIMO LUGAR NO CAMPEONATO CARIOCA QUE FOI REBAIXADO:
1910: Haddock Lobo1913: Mangueira/Bangu /Americano , 1914: Paysandu 1915: Rio Cricket 1919: Carioca , 1920: Vila isabel/ Palmeiras / Mangueira. 1928: Vila isabel, 1964: Campo grande / São cristovao / olaria Madureira/ Canto do rio, 1980: Goytacaz , olaria, Bonsucesso, ad niteroi
link para consulta:
http://www.campeonatocarioca.kit.net/primeira_divisao/temporadas_anteriores/1921.htm

Fontes:

About these ads

Tags:, , , ,

About Rafael Leite

Sou um cara que gosta muito de tecnologia, esportes, política e de ler um bom livro.

318 responses to “A mentira sobre o suposto rebaixamento do Mengão no Carioca de 33”

  1. Chandler says :

    Ah, não foi rebaixado pq não tinha time… Seu argumento é ridículo.
    Eh assim que a mídia faz a cabeça de torcedorzinho idiota…

    • Rafael Leite says :

      Não foi rebaixado porque não havia rebaixamento.

      • arthur says :

        Havia rebaixamento, sim; tanto que o América foi rebaixado e o Carioca Futebol Clube ascendeu. Agora, por que o Flamengo não caiu é que não é explicado, já que foi o time com menos pontos da competição. Menos, inclusive, do que o América.
        E a cisão da época não impediu nenhum rebaixamento…

        Fontes:

        http://pt.wikipedia.org/wiki/Campeonato_Carioca_de_Futebol_de_1933

        http://www.flamengo.com.br/flapedia/Campeonato_Carioca_1933

        • Rafael Leite says :

          Em 1933, 6 clubes disputaram o Carioca Profissional (LCF): América, Bangu, Bonsucesso, Flamengo, Fluminense e Vasco (http://www.rsssfbrasil.com/tablesrz/rj1933.htm)
          Em 1934, 7 clubes disputaram o Carioca Profissional (LCF): América, Bangu, Bonsucesso, Flamengo, Fluminense, São Cristóvão e Vasco. (http://www.rsssfbrasil.com/tablesrz/rj1934.htm)
          Como que o América foi rebaixado então?
          Os dados da wikipédia estão errados como pode ser comprovado pelo site da RSSSF Brasil e por qualquer outra fonte de consulta.

        • wagner says :

          o america não foi rebaixado pq ele jogou o campeonato de 1934 junto com o fla,flu e vasco

          • jarbas says :

            é o flamengo é o maior clube do Brasil

            • Jorge says :

              Erradissimo.
              São Paulo, Santos, Inter e Agora Corinthians tem mais mundiais e sulamericano que o Flamengo. No caso do São Paulo até mais campeonatos brasileiros.
              Em estrutura o Flamengo é um dos piores do pais.
              Em torcida é a maior , mais a Globo assim como aumentou a torcida do Flamengo, vai aumentar a do Corinthians agora.
              Ou seja em nenhum aspecto que não seja torcida, o Flamengo é o maior do Brasil

              • Rafael Leite says :

                Só que ao contrário de São Paulo e Corinthians, o Flamengo nunca foi rebaixado.
                O Inter não possui mais Mundiais que o Flamengo por sinal, somente mais Libertadores. Mas em compensação é um time restrito ao Rio Grande do Sul.
                O Santos com certeza não tenho nada a dizer, é um time gigante, que formou Pelé e só isso já bastaria.
                E a verdade é a seguinte: pode falar o que quiser, o Mengão é sim o maior clube esportivo do Brasil, estrutura não ganha título nem torcida.
                E não foi a Globo que aumentou a torcida do Flamengo, a torcida do Flamengo sempre foi gigante, antes mesmo de existir televisão.
                E é grande porque é o time do povo.

                • jesse says :

                  flamengo moralmente caiu siiiiimmmm, inventaram esse negocio de liga profissional por desculpa pq sabiam q iam cair de verdade, a historia é bem parecida com o brasileiro de 87 querendo ser fodao mandar mais q a CBF inventou outro campeonato e chamou de brasileiro

                  • Rafael Leite says :

                    Não foi o Flamengo que criou a Copa União em 87, foi o Clube dos 13, ou seja os maiores clubes do país.
                    Todos os grandes campeonatos do mundo são organizados pelos clubes, só no Brasil que é diferente.
                    Em 33, o Flamengo e o Botafogo eram contra a profissionalização, tanto é que o Mengão foi o último time a optar por isso, entrando no campeonato na última hora. O Botafogo se recusou a profissionalizar (o que era um direito legítimo dele), o que gerou uma divisão em dois campeonatos distintos, que perdurou até 1938, quando foram unificados.

                    • Gisele Mendes says :

                      Sabe o q é pior? Os presidentes dos clubes q integravam esse clube dos 13, sendo liderados pelo presidente do Sao Paulo(ironia do destino), legitimaram o titulo do FLAMENGO. Anos depois vem esses outros, deixam a honra para tras e fazem essa vergonha.

                  • beto says :

                    Companheiro,

                    em 1987, a CBF pulou fora e quem organizou o campeonato brasileiro de 87 foi o clube dos 13… Depois de iniciado o campeonato, a CBF quis participar!! Tanto que os times do clube dos 13 assinaram uma ata dando vitoria em favor do flamengo… O presidente do clube dos 13 na epoca era o presidente do sao paulo. Tanto que o problema maior que deu na historia da taça das bolinhas foi isso. que o proprio presidente do sao paulo da epoca reconhece o flamengo como campeao. Não fazia o menor sentido aquele timasso do flamengo campeao do modulo que era a primeira divisao jogar contra o campeao do outro modulo que era a segunda divisao… O mesmo que aconteceu na copa joao havelange, porem nao estava decidido no inicio do campeonato que o os campeos dos modulos iriam se enfrentar

                  • murilo says :

                    ñ foi o somente o flamengo q fez o campeonato brasileiro desse ano.. vá estudar antes de falar suas besteiras.. quem fez o campeonato brasileiro desse ano foi 0 clube dos treze(maiores clubes do brasil) fizeram isso pq a toda
                    poderosa cbf não teve condições de fazer

                  • Renato says :

                    O bobalhão 1987 foi o clube dos treze que definiu que nenhum dos filiados jogaria este cruzamento ridículo.

                • shadowspfc says :

                  São Paulo foi rebaixado onde? Se você está falando do Campeonato Paulista de 1990, deveria se informar mais, ler o regulamento daquele ano ou ao menos verificar o acervo da Folha.

                  Nem precisa muito, estes dois links podem te dar uma clareza melhor antes de comparar o Tricolor com o time do governo rebaixado em 2007.

                  http://blogs.lancenet.com.br/maurobeting/2009/01/25/como-o-sao-paulo-nao-foi-rebaixado-no-sp-90-e-como-a-fpf-rebaixou-32-clubes-no-sp-94/

                • Esclarecendo says :

                  Errado. O Flamengo nasceu elitista como clube de remo e adicionou o adjetivo ”preconceituoso” quando começou como clube de futebol. O termo certo é “clube popular” pois, incontestavelmente, angaria a paixão da maior parcela da população brasileira.

                  • Rafael Leite says :

                    Tanto não é verdade o que você diz que os jogadores do Fluminense foram para o Flamengo porque os sócios do Fluminense por causa da forma como eram tratados, sendo inclusive proibidos de chegar na sede do clube pela entrada social.

                  • Rafael Leite says :

                    Sua confusão pode ser porque o Remo em si era elitista, devido ao alto custo para praticar o esporte.

              • Rafael Leite says :

                Além disso o SP tem a mesma quantidade de brasileiros que o Flamengo.

              • Arthur says :

                Concordo, e tem mais: se em 1933 não existia 2ª Divisão para encaixar o Framenguin, a gente cria hoje uma naquela época para que eles tomem posse do devido lugar a que fizeram jus com muita incompetência.

        • Ricardo says :

          legal é que umas das suas fontes não abre e a outra diz a mesma coisa que esse texto

        • Mateus Teixeira says :

          E engraçado é que o São Cristóvão terminou em penúltimo,à frente do Flamengo,mas viraram a mesa e quem caiu foi o São Cristóvão.
          Pra quem ainda não acredita sobre o rebaixamento no Carioca de 1933,uma edição do Correio da Manhã de 1934 publicou o seguinte:
          ”Segunda Divisão dos Profissionaes de 1934: Começando o seu torneio,a segunda divisão dos profissionaes relaciona para hoje os seguintes jogos: São Christóvão x Modesto,no campo do São Christóvão Athletic Club.”
          Saiu num dos principais jornais da época,expliquem isso agora! 80 anos de calote: Bangu e São Cristóvão não esquecem!

        • wel says :

          em 1933 nao ouve rebaixamento pq nao existia nas regras de 1 time subir ou descer de divisao para um time participar da 1a divisao ele deveria ser convidado e em 1934 foi convidado a participar o são cristovão aumentando o numero para 7 concorrentes na 1a divisão do carioca .

        • daniel says :

          Seguindo sua linha de raciocínio tente explicar então o rebaixamento do Fluminense em 1921… http://pt.wikipedia.org/wiki/Campeonato_Carioca_de_Futebol_de_1921

      • ozeas says :

        Muito conveninente, não é mesmo? entao como foi que o CANTO DO RIO foi rebaixado pra segundona do carioca em 1932?? e que dizer de 1929 e 1934? vai dizer que em 1922 tb nao tinha segunda divisão? que aconteceu no brasileirao de 2002 e 2005? realmente, uma mentira contada mil vezes como é costume flamenguista, se torna uma mentira… deveriam ter vergonha de mentir tao descaradamente assim

        • Rafael Leite says :

          O Canto do Rio nem disputou o Carioca de 32 para ser rebaixado (http://www.rsssfbrasil.com/tablesrz/rj1932.htm).
          Sobre 29, basta verificar que o Flamengo ficou em penúltimo e o SC Brasil também. Os dois disputaram o carioca em 30. Como já disse, até 1980 somente houve rebaixamento em 9 edições do carioca.
          Sobre 34, ficamos também em penúltimo e não havia outros clubes profissionais, tanto é que só tinha 7 clubes disputando o carioca de profissionais, ainda existia a cisão.

          Faz o seguinte, já que eu estou mentindo, já que é conveniente, que tal você mostrar dados históricos provando que estou errado. Minha pesquisa é baseada em fontes históricas com credibilidade. Traga fontes de credibilidade provando o contrário então.

        • Igor says :

          a segundona de 1932 foi a AMEA quem realizou, portanto só poderia rebaixar os times filiados a ela. Só pra lembrar, a AMEA foi a liga amadora em que só o Botafogo permaneceu. Flamengo, Fluminense, Vasco e América debandaram e formaram uma nova liga, com apenas 6 clubes profissionais.

        • Predador Master says :

          badequinho… leia direito antes de falar BOBAGEM! Canto do rio estava EM OUTRA LIGA! Em 33 os clubes mencionados CRIARAM UMA NOVA LIGA COM SEIS TIMES LCF (liga carioca de futebol).. e no ano seguinte, teve o acrescimo de mais clubes. tanto em um, quanto o outro (33 e 34), segundo registros, NAO PREVE REBAIXAMENTO ALGUM!

        • PAULO CESAR says :

          O QUE QUE ACONTECEU NO CAMPEONATO DE 2002 2 2005 ??????????????????? TENHO CERTEZA QUE NÃO FOMOS REBAIXADO.

          • Rafael Leite says :

            2002 foi uma acusação de que a assinatura do contrato do jogador Wendell era falsificada, mas ficou provado que não.
            Foi uma tentativa de virada d mesa do Palmeiras que não rolou.

      • Felix says :

        Eles escondem que em 1929 eles foram os ultimos colocados e viraram a mesa e novamente em 1931 conseguiram se manter na série A graças ao tapetão.

        • Rafael Leite says :

          29, fomos penúltimos. O Canto do Rio que foi último disputou o carioca em 1930, logo não existia rebaixamento.
          31, ficamos em sexto, num campeonato de 11 clubes.

      • Caio Jr says :

        Havia rebaixamento sim, e vc nem pesquisar como era feio vc fez. Em 1929 o Botafog foi o ultimo colocado e para não ser rebaixado jogou com o primeiro colocado da segunda, pois era assim q funcionava o esquema de rebaixamento. Vide que o Bonsucesso foi campeão 26, 27 e 28 subindo apenas na 3 vez quando passou pelo jogo extra.

        Em 1933 subiram o são cristovão sem rebaixar ninguem ficando com 7 times!

        • Rafael Leite says :

          Em 1933 havia uma subliga que não era uma segunda divisão. Os clubes dessa subliga (da LCF onde o Flamengo disputou o campeonato) eram amadores, por isso não havia rebaixamento.
          De qualquer forma, não havia rebaixamento regular até a década de 80, que até então só ocorreu em 8 ocasiões. O Botafogo e o Fluminense inclusive foram últimos colocados em 21 e 23 respectivamente. O Vasco foi o último colocado da 3ª divisão em 17 e em 18 disputaram a segunda divisão.
          O Anchieta que foi o campeão do seu link foi na AMEA, liga amadora da época. O campeão em 33 da subliga foi o São Cristóvão, que disputou a LCF em 34 (sendo que já havia pedido para disputar em 33, mas teve o pedido negado pelo Fluminense).

          • daniel says :

            Lamento por vc Rafael Leite por ter que ficar dando tantas explicações pra vascaíno idiota… o simples ato de ler a matéria é dificil pra eles, e depois nós flamenguistas que somos analfabetos. Além do mais, seu blog é excelente!!!

          • Marcelo says :

            O Fluminense, em 1923, disputou o jogo que tinha que disputar contra o primeiro da segunda divisão, venceu e permaneceu.

            Já que você gosta da verdade, vale lembrar que em 1996 e 1999 a tal virada de mesa não foi realizada para beneficiar o Fluminense. Em 96, para não rebaixar Corinthians e Atlético PR, envolvidos no escândalo Ivens Mendes e sem saber o alcance do sistema de compra de arbitragens, a CBF foi forçada a optar pela ilegitimidade de rebaixar qualquer clube.

            Em 2000 a Copa João Havelange foi disputada sem divisões, já que foi organizada pelo Clube dos Treze e tinha mais de cem clubes nos três módulos. O Fluminense disputou o módulo mais difícil e conquistou o terceiro lugar, razão suficiente para ter sido mantido na primeira divisão no ano seguinte. E a Copa João Havelange não foi criada para alavancar o Fluminense direto da série C para a série A, como convenientemente apregoam por aí. A CBF ficou impedida de oganizar a competição porque o STJD entrou num esquema para não rebaixar o Botafogo, que acabou rebaixando o Gama, que ganhou na justiça o direito de permanecer na série A.

            Espero ter ajudado na sua busca pela verdade.

            • Rafael Leite says :

              Sobre o Flu em 23, havia clubes numa segunda divisão.
              Em alguns anos isso realmente ocorreu.

              Sobre 96 e 2000, o Fluminense foi beneficiado claramente.
              Em 96 teve até brinde com champanhe quando se definiu a virada de mesa, busca que você acha no Youtube.

              • Leliomesmo says :

                Beneficiado .. foi.. mas não por ele mesmo.. o Flu estava montando um time para jogar a segunda divisão.. quando foi surpreendido por um campeonato onde não existiria rebaixamento.. nem promoção.. como fazer para um clube que ao disputar esse campeonato chegou em terceiro na fase de classificação..

                deixa-lo na segunda divisão seria dar um prejuizo para um time que montou um time visando a promoção para a primeira.. tirar o clube o direito de disputar .. não é algo justo.. não tem como.. Assim como Bahia que tambem montou time para o mesmo..

                96 mesmo que tenha a infeliz imagem daquele infeliz abrindo champagne o correto seria jogar corinthians e Atletico para os ultimos colocados para rebaixamento.. por causa da manipulação.. não rebaixar ninguem foi maneira de beneficiar o Corinthians.. e não o Flu já que acabou manchando o Flu e não o Corinthians ..

                Aparentemente cita muito o Flu mas o mais beneficiado foi o Botafogo que não foi rebaixado nem em 86 nem 99..

          • daniel says :

            meio difícil,pois nao existia o vasco nao tinha time de futebol.

      • Rafael Leite says :

        O Flamengo ganhou os dois campeonatos em 78 e ganhou o de 79, logo foi tricampeão. Melhor ser tricampeão em dois anos que tri-rebaixado e subir com virada de mesa.

      • Gustin says :

        ENTÃO O FLU NÃO DEVE PAGAR A SEGUNDA DIVISAO JA QUE EM 200 NAO HAVIA SEGUNDA DIVISÃO!!!

        • Rafael Leite says :

          A diferença é que o Fluminense estaria na segunda divisão em 2000 se ela existisse. Como não foi promovido, deveria ter disputado a mesma em 2001 quando voltou a existir.

      • Carlos Alberto B.S. says :

        Eu também li o livro que vc cita como fonte: MERCIO, Roberto. A História dos Campeonatos Cariocas de Futebol. Studio Alfa. Rio de Janeiro; 1985. E o que li parece ser diferente do que você leu. Lá diz que em 1921 o rebaixamento foi abolido para não prejudicar o Fra. e voltou la pelos idos de 28 tendo o Fra ficando em último denovo e sendo finalmente rebaixado em 33 e tendo que cumprir a segundona que mais uma vez para ajudar o seu Fra teve seus jogos adiantados o que proporcionou ao seu Fra. voltar a primeira rapidamente. Caso as fontes citadas abaixo estejam erradas favor enviar documentos que comprovam sua argumentação.
        Abraço do amigo SINCERO!
        fONTE: http://pt.wikipedia.org/wiki/Campeonato_Carioca_de_Futebol_de_1933
        PÚBLICAÇÕES:
        ASSAF, Roberto; MARTINS, Clovis. Campeonato Carioca – 96 Anos de História – 1902/1997. Ed. Irradiação Cultural. Rio de Janeiro; 1997.
        MERCIO, Roberto. A História dos Campeonatos Cariocas de Futebol. Studio Alfa. Rio de Janeiro; 1985.
        ASSAF, Roberto e MARTINS, Clóvis. História dos Campeonatos Cariocas de Futebol – 1906/2010.
        Maquinária Editora; 2010.

        • Rafael Leite says :

          Sobre o livro, eu copiei integralmente o texto do mesmo sobre o Campeonato de 33 e coloquei inteiramente a disposição no blog.
          Caso você tenha algum outro texto que comprove o contrário, fico muito grato que o mande para mim para possíveis retificações, mas o livro citado no blog contém exatamente o texto copiado no blog e utilizado como base para a pesquisa.
          Sobre 1921, não faz o menor sentido, pois fomos campeões carioca tanto em 1920, quanto em 1921. Como seríamos rebaixados em 1921?
          Sobre 1929, o último colocado nesse ano foi o Brasil que disputou novamente o campeonato em 1930, quando também foi o último colocado, e mesmo assim disputou o campeonato em 31. Como havia rebaixamento então?
          O mesmo acontece com o Carioca e o Andaraí, últimos colocados em 31, que disputaram o Carioca de 32.
          Que tal você apresentar alguma prova de que o Flamengo foi rebaixado, de que houveram jogos de segunda divisão com a presença do Flamengo?

      • Tricolor says :

        agora paga a série b de 33 fazendo favor. Até 1980 seu time era a quarta força do rio, tem que agradecer muito aquele time de 80, a “grobu” e as arbitragens, que o dia josé roberto wright.

        • Rafael Leite says :

          Ainda no aguardo de argumentos.

        • Rafael Leite says :

          Até o primeiro título de Zico no profissional do Flamengo em 74 tínhamos 16 títulos cariocas (metade dos atuais 32). Em 74, o único clube carioca com mais títulos que o Flamengo era o Fluminense (21). Mas temos que levar em conta que em 1912 (quando iniciou-se o futebol do Flamengo) o Fluminense já possuia 5 títulos cariocas. Desta maneira, desde que o futebol do Flamengo tinha sido fundado, os dois clubes tinham conseguido a mesma quantidade de títulos (16).
          A geração de Zico foi com certeza um divisor de águas na história do Flamengo, mas dizer que éramos pequenos antes disso não faz o menor sentido.

          P.S.: em 74, o Botafogo possuía 14 títulos estaduais;
          P.S.2: neste mesmo ano, o Vasco possuía 13 títulos estaduais;

        • Léo says :

          Em 80 ganhamos tudo, como era a 4º ?????kkkkkkkkkk
          Inveja é foda!!!!!

      • Nilson Lemos says :

        Esse Chandler é muito vascaíno, adoro vocês uma vez freguês sempre freguês kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Igor says :

      Não tinha time, pq era uma liga PARALELA, só com 6 times profissionais. o restante dos times do RJ ficou na outra liga formada por times amadores. Como vc rebaixa um time que disputa uma liga com apenas 1 divisão, com 6 times?

    • Igor says :

      Então explica como se rebaixa numa liga com 6 time e 1 divisão…

    • Bruce says :

      FORA ESSA TEM MAIS…
      Em duas ocasiões pelo menos o flamengo deveria disputar a segundona:
      em 1987 tanto FLA quanto INTER se negaram a seguir o regulamento.
      Ao não entrar em campo e perder por WO, a punição seria o rebaixamento, pois o regulamento previa a obrigatoriedade de entrar em campo.

      Em 2002 o flamengo jogou com um jogador irregular ( WENDELL ), pode até não ter sido culpa do time, mas isto faria com que ele perdesse 15 pontos conquistados com este jogador em campo, o que o levaria direto para a segunda divisão.
      PAGUEM A SEGUNDONA, DEPOIS CONVERSAMOS!

      • Rafael Leite says :

        Sobre 87, argumento ridículo.
        Sobre 2002, foi uma idéia ventilada pelo Palmeiras para tentar mais uma virada de mesa, ficou provado que o jogador era regular, tinha sido liberado para jogar pela CBF.

      • Gilberto Kuln says :

        Uma coisa é ser rebaixado por erros técnicos, políticos e esquemas. outra coisa é ser rebaixado em campo, perdendo pra todo mundo, assim como foi o Flu, Vasco, Botafogo, Palmeiras, Corinthians, Grêmio e outros.

    • Beto says :

      Voce deve torcer para o Flor! paga a segunda divisao!

    • Anderson says :

      Têm razão!!! Vocês que são do lado mais fraco,tentam achar uma rachadura na armadura desse guerreiro gigantesco do futebol do Brasil. Só cinco clubes,incluindo o Flamengo podem ainda se gabar: Nunca fomos rebaixados!!!
      Morram de inveja da ‘mulambada” único brasileiro campeão mundial goleando um europeu: 3X0. Chupaaaaaaaa!!!!!!!!!!!

    • dalton apiacá heringer says :

      http://pt.wikipedia.org/wiki/Campeonato_Carioca_de_Futebol_de_1934 Campeonato Carioca de Futebol de 1934
      Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
      Campeonato Carioca de Futebol de 1934
      Times
      Campeão Botafogo (AMEA); Vasco da Gama (LCF)
      Vice-campeão Olaria e Mavílis (AMEA); São Cristóvão (LCF)
      Artilheiro Bianco (Andaraí) – 13 gols (AMEA);
      Alfredinho (Flamengo) – 10 gols (LCF)
      O Campeonato Carioca de Futebol de 1934 foi disputado em duas ligas. O organizado pela AMEA (Associação Metropolitana de Esportes Athleticos) foi vencido pelo Botafogo. O da LCF (Liga Carioca de Futebol) pelo Vasco da Gama. Contudo, o campeonato organizado pela LCF não tinha reconhecimento da CBD.
      A relação dos clubes participantes em 1934 em ambas as ligas obedeceu um critério que parecia comum antes de 1981: Em geral, os regulamentos não previam rebaixamento e poucos clubes subiam para a 1ª divisão.

    • Idelson says :

      Vc não entende o que lê não?

    • Herbert Machicao says :

      O problema que se baseia num livro que de uma maneira ou outra, pode ter sido feito de maneira tendenciosa. Só confio no que foi escrito nos jornais da época. Então, o Flamengo foi rebaixado, sim!!!!

  2. Glauber says :

    [Moderação: comentário editado devido a ofensas ao autor do blog]

    Seu time foi o pior do campeonato e deveria ser rebaixado! Não me interessa se existia um cisão ou se não tinham clubes da 2a divisão!

    O fato é que seu time não tem história, ficou até a decada de 80 penando! Se não fosse o safado do Wright apitando as finais de Brasileirão, vocês ainda estariam com 1 ou 2 títulos no máximo… Time sem vergonha! Nunca se dão bem em competição internacional justamente por este motivo, os árbitros não pela o saco de vocês e vocês só levam ferro!!

    • Rafael Leite says :

      Concordo, não temos história.
      Por isso somos campeões do mundo, campeões da libertadores, hexa brasileiros, bicampeões da Copa do Brasil, campeões da Copa Mercosul e 32 vezes campeões cariocas.
      Com certeza nenhum time carioca tem mais títulos que o Mengão.
      Sobre o Wright, procure estudar a história um pouco: na tal partida que o Flamengo teria sido beneficiado, quem pediu que o árbitro fosse Wright foi o próprio Atlético-MG.
      De qualquer forma, o choro é livre.

      • sarapinto says :

        não foi o atlético que pediu que o wright apitasse , e mesmo se fosse , todos nós sabemos que ele é flamenguista [Moderação: neste blog não são permitidas ofensas a terceiros]

        • Rafael Leite says :

          Foi o Patético sim, pena que não consegui encontrar nada para provar isso, mas isso já foi dito por alguns programas de TV e por pessoas da época.

      • Done says :

        Deixem de ser idiotas e parem com esse besteira de Hexa Campeão, o único Hexa é o São Paulo, o de 1997 vcs perderam por W.O para o Sport Club Recife, além de tudo querem ser ladrões de títulos. Só vcs e a merda da Globo dizem que são campeões daquele ano. como vc mesmo cita Uma mentira dita mil vezes não se torna verdade, acredito nisso, por isso são pentas, com alguns títulos roubados pelo Wright, mas tudo bem.

        • Rafael Leite says :

          Só a gente e a globo né?
          Qualquer jornalista esportivo que preste diz o mesmo e até os dirigentes da época também.

          http://espn.estadao.com.br/pauloviniciuscoelho/post/177077_ENTENDA+POR+QUE+A+CBF+RECONHECEU+HOJE+O+TITULO+DO+FLAMENGO+EM+1987

          http://blogs.lancenet.com.br/maurobeting/2011/02/25/copa-uniao-1987-e-clube-dos-13-a-linha-do-tempo-e-do-dinheiro/

          Presidente do Conselho Nacional do Desporto em 87 diz que o CND reconheceu o Flamengo campeão naquela época: http://www.youtube.com/watch?v=yLOLdf0KnDs&feature=fvwrel
          Até Eurico concorda: http://www.youtube.com/watch?v=HNcYZf0hgyY
          E o presidente do SPFC da época também: http://www.youtube.com/watch?v=DdTUX-h-Woo

          • Antonio Carlos Ferreira says :

            Uma coisa eu posso dizer: Tudo que esta relacionado a conquista, que o flamengo, é polêmico. Esse [Moderação: Mantenha o nível fazendo o favor] que esta no vídeo acima, por exemplo, é um flamenguista miserável, fruto da mídia para fazer a cabeça dos alienados torcedores. A mídia, sempre dá um jeitinho de ajudar, ter a maior torcida do Brasil, assim é mole. Quase todos os profissionais do esporte que trabalham na globo são ex funcionário do flamengo, exemplo: Junior, Caio, Raul Plasman, Casagrande… fora os ex juízes comentaristas todos, tiveram algum episódio favorecendo o flamengo. José Robert e Cia. assim até vovó…

            • Rafael Leite says :

              Não respondo teorias da conspiração.
              O choro é livre.

            • Ronaldy Carvalho says :

              Invejoso,Mentiroso!

            • MARCIO NUNES SILVA says :

              E NÓS FLAMENGUISTAS QUE SOMOS ALIENADOS…..VAMOS AOS FATO: O BOTAFOGO GANHOU UM BRASILEIRO EM 1995 COM UM ROUBO ESCANDALOSO NO PACAEMBÚ CONTRA O SANTOS ( GOL EM IMPEDIMENTO DO TÚLIO )….O VASCO EM 1974 MUDOU O MANDO DE CAMPO CONTRA O CRUZEIRO E ANULARAM UM GOL LEGITIMO DO CRUZEIRO NOS 90 MIN. DEPOIS EM 1997 O EDMUNDO ESTAVA SUSPENSO E O SR. EURICO MIRANDA CONSEGUIU UMA LIMINAR PARA QUE ELE JOGASSE A FINAL. E JOGOU. EM 2000 O REGULAMENTO DA TAÇA JOÃO HAVELANGE DIZIA QUE O MANDANTE QUE NÃO TIVESSE CONDIÇÕES DE LEVAR O JOGO ATÉ O FINAL ,A PARTIDA SERIA ENCERRADA E A VITÓRIA SERIA DADA AO VISITANTE, E POR FIM AOS FALSOS BURGUESES QUE NUNCA TIVERAM UM ÍDOLO E SEMPRE VIVERAM DE ESTADUAIS ( QUE HOJE ELES MESMO FALAM MAL) VAMOS AOS FATOS, EM 1985 ROUBARAM O BANGÚ DESCARADAMENTE, COM UM PENALTI DO VICA NO CLAUDIO ADÃO. DEPOIS NO CAIXÃO, ANULARAM UM GOL DE GOLEIRO DO BANGÚ QUE NINGUÉM SABE O MOTIVO, E POR FIM PARA SAIR DA MISÉRIA ( QUANDO JA TINHA ATÉ CIRCO GARCIA ALUGANDO O CAMPO) ARRENDOU O CLUBE PARA UMA EMPRESA MÉDICA E COMEMOROU COM CHAMPAGNHE A MAIOR VERGONHA DO FUTEBOL NACIONAL EM REDE NACIONAL !!!!! PORTANTO,PAREM DE SER HIPOCRITAS E OLHEM PARA SUAS MAZELAS ANTES DE FALAR DO MENGÃO. E A TÍTULO DE CURIOSIDADE : OS ALIENADOS DIZEREM QUE O WRIGHT É FLAMENGUISTA ..ESTÃO DE BRINCADEIRA,NÉ??? ELE É MUITO TRICOLOR, PERGUNTEM AO CLAUDIO ADÃO. E O JORNALISTA ACIMA TORCE PARA O CORINTHIANS… QUANDO FALAM EM 1987…TSCH,TSCH,TSCH…CHEGA SER RIDÍCULO UMA PESSOA CHAMAR OS OUTROS DE ALLIENADOS E NÃO QUERER ENTENDER O QUE OUVE EM 1987… FLAMENGO O MAIS AMADO E MAIS INVEJADO !!!!!!!!! TIME GRANDE NÃO CAI !!!!

              • Fábio Careca says :

                Velhinho, o STJD que é a última palavra em justiça desportiva deu o título de 1987 ao Sport- é só ir no site do STJD e procurar por julgados…mas flamenguista não sabe ler aí fica foda….saber de direito então, pior ainda…

                • Rafael Leite says :

                  Em 87 o Conselho Nacional de Desportos era superior a CBF e decidiu que o Flamengo era o verdadeiro campeão. O Stjd nem existia.

                  • Leliomesmo says :

                    Tem mais coisa ai … Não é a toa que o Sport é campeão .. pela jjustiça.. existe muito mais coisa.. a historia de troca de regra é muito obscura.. e é de interesse gigantesco da midia que um campeonato apoiado pela mesma seja tido como o legitimo..

                    Mas por via das duvidas Nem Sport nem Flamengo considero campeões.. pois um campeonato onde vice e quarto colocados de 86 foram limados é um pouco bizarro.. e dificil de levar a serio..

                    • Rafael Leite says :

                      O campeonato de 87, infelizmente, foi tão mal resolvido pelos clubes e pela CBF que ficará eternamente nessa de que o campeão é uma questão de opinião. São muitas versões para o mesmo fato e muito clubismo envolvido (de todas as partes).

            • André (Flamengo com orgulho) says :

              Eu fico admirado com a (in)competência de alguns para trazer argumentos fajutos, medíocres e idiotas.
              Se você tem dúvidas, compre livros e pesquise. Procure pessoas que sabem a verdade (não é conversar com qualquer pinguço da esquina que inventa lorota) para conversar.
              Sempre tem um idiota com teria de conspiração.
              Estes são os verdadeiros chorões!
              Vai ganhar no gramado.
              Tem time que nem deveria ter voltado para a primeira divisão.
              Tem time que era ajudado porque tinha dirigente pilantra, deputado, que ajudava sempre o time.
              Tem time que só vive em 1960/1970 e levou quase 25 anos para ganhar outro título.
              Esta é a verdade do futebol carioca!!!!

            • Léo says :

              Mais um invejoso falando bosta tentando encontrar um jeito de imoralizar o fla…podem chorar…continue…

          • Fábio Careca says :

            qdo tem impasse que julga é o STJD logo se eles foram chamados a resolver a CBF não tem competencia pra dizer outra coisa….direito constitucional do brasil amigo….

      • Rodrigo says :

        Penta, aprende a contar, uma pessoa tao estudiosa em futebol como você deveria saber.

      • Fábio Careca says :

        Campeão do mundo só quem tem o mundial da FIFA… penta brasileiro pq o STJD deu ganho de causa ao Sport recife naquele campeonato que vcs dividiam (coisa de frouxo isso)

        • Rafael Leite says :

          Papo de quem nunca ganhou.

        • André says :

          o “Íxporti” é time de segunda divisão logo disputou a segunda divisão, daquele ano é campeão da segundona. Todo mundo sabe.. E entre no site da FIFA ou ligue e reclame com eles, pois, o Fla está lah na lista do Intercontinental . Coisa que o timinho medíocre que vc torce não teve competência de ganhar. Que era o mundial de clubes da época. Europa x América a mesma porcaria de hj, pois o resto é lixo. Até em 2000 inventarem o torneio tido como de “teste” a Fifa o intitulava assim. No qual o convidado “Cúrintia” ganhou, aliás o campeão da libertadores do ano anterior disputou?

    • Rafael says :

      Nao adianta vc ficar [Moderação: parte retirada por conter ofensas pessoais] pq o Flamengo nunca foi rebaixado??Que culpa temos se não havia rebaixamento??Que culpa temos se os medios do Rj,fizeram a vergonha de serem rebaixados??SE NAO EXISTIA REBAIXAMENTO,AZAR O DE VC E SORTE NOSSA!SRN!

    • Edilson Peres dos Santos says :

      acho que primeiramente,deveríamos verificar que as regras não eram as mesmas de hj.Deveria ser rebaixado mas não foi pq a regra não previa o rebaixamento.agora concordo que deveria ter rebaixamento,para o flamengo e para todos os outros.Deveriam brigar com os times que fundaram as ligas e não fizeram um regulamento adequado.outro detalhe é que o WRIGHT não apitou a final de 2009 do Brasileiro. muito menos as finais que rebaixaram Vasco,Fluminense e Botafogo.Pq vcs não torcem pelos seus times e esqueçam o FLAMENGO.

    • Luiz says :

      INVEJA , INVEJA, INVEJA…

    • Leonardo says :

      UAAAAAAAAAHAHAAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHHAAHAHAHAHA FLAMENGO NAO TEM HISTÓRIA?? DE TODA BOBAGEM QUE JA LI NA VIDA, ESSA É DE FATO A MAIS HILARIA… TADINHO

  3. Rodrigo says :

    Pesquisei muito e achei muitas divergências nos fatos sobre 1933, mas o que prevalece é que os mulambos de birrinha abandonaram o campeonato e fizeram um mata mata com outros 3 clubes onde o Bangu foi ganhador e os mulambos além de abandonarem o campeonato da federação carioca, foi o último lugar desse suposto mata mata e assim além de ser punido pela federação pelo abandono, foi o último em seu campeonato armado, com certeza merecedor da segundona do carioca, virou a mesa e voltou em 1935 para federação e o pior que não é só isso, pesquisei ainda mais e surpreendentemente um dos campeonatos cariocas que o flamerda contabiliza é o de 1933, mas que história é essa ? O campeão de 1933 pela federação foi o Botafogo e tem mais o mundial foi um amistoso assim como o troféu tereza herreira que tanto Vasco, Botafogo e Fluminense se consagraram como campeões, bom contra fato não existe argumentos. Uma das minhas fontes foi este site http://www.campeonatocarioca.kit.net/primeira_divisao/historia/1930-1939.htm.

    • Rafael Leite says :

      Minha fonte é um livro que conta toda a história do futebol carioca, onde coloquei TODO o texto sobre o referido campeonato.
      Acredito que um livro que conta a história dos campeonatos cariocas tenha muito mais validade que um site com pouquíssimas informações. Informações estas que divergem bastante do que você disse.
      Não foi birra, o Flamengo decidiu se profissionalizar e mudou para o campeonato de profissionais.
      Não foi um mata-mata, foi um campeonato de pontos corridos.
      O Flamengo não se diz campeão de 33 em lugar nenhum (http://www.flamengo.com.br/flapedia/Futebol#Regionais).
      Que campeonato armado é esse que conta com os maiores clubes da época, exceto o Botafogo? Não é armação, é cisão entre profissionalismo e amadorismo.
      Sobre o Mundial ser um amistoso nem preciso responder, é um argumento ridículo. O campeão sulamericano e o campeão europeu se enfrentaram em um jogo que sempre foi considerado o Campeonato Mundial pelo mundo do futebol.
      Quais eram os critérios para a classificação para o Teresa Herrera? Nenhum. Se for considerar isso título mundial, até o Bangu seria campeão mundial em 1960 (http://pt.wikipedia.org/wiki/Torneio_Internacional_de_Nova_York_de_1960)

  4. PEDRO-CARTUNISTA/MENGÃO RUMO AO HEPTA says :

    O CHORINHO DOS TORCEDORES DOS TIMES MEDÍOCRES DO RIO É RISÍVEL…………….MENGÃO É INCAÍVEL,NÃO TEM JEITO!!!!!!!!!!SAUDAÇÕES DA MAIOR TORCIDA DO PLANETA…O FLA É O FLA!!!!!!! E mané é mané…kkkkkkkkkkkkkkk

  5. Joaquim says :

    Claro que o Mengão nunca foi rebaixado, afinal “Time Grande Não Cai”. #FATO
    Agora imagine um ‘time’ que é lanterna da terceirinha, repito: L-A-N-T-E-R-N-A DA T-E-R-C-E-I-R-I-N-H-A (Terceira divisão do Campeonato Carioca) e ao invés de ser rebaixado para a quarta divisão, sobe para a segunda.
    Isto aconteceu com o ‘vice’, digo, vasco, em 1916 quando os ‘vascaídos’ foram lanternas da terceirinha e em 1917 disputaram o campeonato da segunda divisão.
    #PODEissoARNALDO ?

  6. João Carlos says :

    pague a serie b estadual

    • Rafael Leite says :

      Se um dia nós cairmos em qualquer campeonato, nós flamenguistas faremos questão de subir dentro de campo, ao contrário de alguns clubes pó-de-arroz.
      Mas isso nunca irá acontecer, pois time grande não cai. Somos incaíveis!

      • Joaquim says :

        É isso mesmo: “Time Grande Não Cai” e nem tampouco é L-A-N-T-E-R-N-A DA T-E-R-C-E-I-R-I-N-H-A (Terceira divisão do Campeonato Carioca) e por este grandíssimo feito consegue ascender à divisão acima, ou seja, ao invés de cair para a quarta divisão, sobre para a segunda.
        #PODEissoARNALDO?

      • Lucas Rios says :

        Pague a série B estadual…Se não tinha time para profissional que jogasse o amador mulambo…Ajoelhou tem que rezar!!KKKKKKK..série B do estadual

        • Rafael Leite says :

          Você não leu o texto né?
          Ou tem problemas de interpretação, quem sabe?
          Perceba que o campeonato de profissionais era de uma liga e o de amadores outra.
          Houve uma ruptura entre as duas visões.

  7. Renata timbó says :

    Tinha uns torcedores do fluminense zoando e resolvi pesquisar sobre o assunto segue meus questionamentos a eles:

    Fiz um levantamento de 75 anos do campeonato carioca de 1906 ate 1981. Em todos esses anos em apenas 8 anos tiveram rebaixamentos em todos os 67 restantes não tiveram rebaixamento. O rebaixamento começou a ocorrer a partir de 1981 todos os anos. Nos 8 anos que tiveram rebaixamento notadamente foram meramente um teste pois não tinha uma sequencia ao longo dos anos e o rebaixamento apenas a partir de 1981 passou a ser todo ano. Como eu posso ter sido rebaixada se não existia rebaixamento??? Outro detalhe: olhem para o ano de 1921(fluminense ultimo lugar) e olhem pra 1923(botafogo em ultimo lugar). Observem ainda de 1941-1944(Bonsucesso ultimo lugar seguidamente, se existisse rebaixamento ele não estaria ali) e tem outros exemplos de times que ficaram em ultimo 2x em anos seguidos.

    Sem contar que os campeões da segunda divisão não subiam pra primeira. Fica claro que não existia rebaixamento naquela época e se tivesse existido o fluminense e botafogo teriam sido rebaixados muitos anos antes.

    ULTIMO LUGAR NO CAMPEONATO CARIOCA:
    1906: Football & Athletic 1907: Internacional 1908: Riachuelo1909: mangueira , 1911: Paysandu, 1912: Internacional , 1912: Mangueira, 1916: São cristovão , 1917: Vila isabel 1918: Mangueira, 1921: FLUMINENSE, 1922: São Critovao, 1923: botafogo, 1924: SC Brasil, 1924: Progresso, 1925: SC Brasil, 1926: SC brasil, 1927: Vila isabel, 1929: SC Brasil, 1930: SC Brasil, 1931: Carioca, 1932: SC brasil, 1933: flamengo, 1934: Bonsucesso, 1935: portuguesa, 1936: Jequiá, 1937: Andarahy 1938: Madureira, 1939: Bonsucesso, 1940: Bangu, 1941: Bonsucesso, 1942: Bonsucesso, 1943: Bonsucesso, 1944: Bonsucesso, 1945: 1945: Madureira, 1946: Bonsucesso, 1947: Bonsucesso, 1948: Madureira, 1949: Canto do Rio, 1950 :São Cristovão 1951: Canto do rio, 1952: Bonsucesso, 1953: Canto do rio, 1954: Canto do rio, 1955: Madureira, 1956: Portuguesa 1957 : Olaria , 1958: Olaria, 1959: Portuguesa, 1960: São cristovao, 1961: Madureira, 1962:Canto do rio 1963: Madureira, 1965: Portuguesa, 1966: Madureira, 1967: São Cristovão, 1968 :São Cristovão, 1969: Madureira, 1970: Portuguesa 1971: São cristovão, 1972: Madureira, 1973:São Cristovão 1974: Bangu, 1975: Campo grande, 1976: Bangu, 1977:Campo Grande, 1978:Campo Grande , 1979: AD niteroi,
    ULTIMO LUGAR NO CAMPEONATO CARIOCA QUE FOI REBAIXADO:
    1910: Haddock Lobo1913: Mangueira/Bangu /Americano , 1914: Paysandu 1915: Rio Cricket 1919: Carioca , 1920: Vila isabel/ Palmeiras / Mangueira. 1928: Vila isabel, 1964: Campo grande / São cristovao / olaria Madureira/ Canto do rio, 1980: Goytacaz , olaria, Bonsucesso, ad niteroi
    link para consulta:

    http://www.campeonatocarioca.kit.net/primeira_divisao/temporadas_anteriores/1921.htm

    • Rafael Leite says :

      Parabéns pela sua pesquisa.
      Muito interessante e esclarecedora.

    • rafafafa says :

      Então com vc explica o Vasco ter começado a disputar o carioca na segunda divisão em 1921??? Claro que existia segunda divisão…

      • Rafael Leite says :

        Aparentemente você não leu o texto nem os comentários.
        Como eu disse no texto, em 1933 não existia segunda divisão, já que eram somente 6 times profissionais no estado. 33 foi o primeiro campeonato de profissionais.
        A questão do rebaixamento só ocorreu 6 ou 8 vezes entre o começo do Carioca e 1980, quando foi implantado de verdade o rebaixamento, conforme pesquisa da Renata Timbó nos comentários. O Bonsucesso, por exemplo, foi 4 vezes seguidas último colocado do Carioca e não rebaixou, porque não tinha rebaixamento regular.
        Para provar isso, como você explica o Vasco ser lanterna da Terceira Divisão num ano e disputar a Segunda Divisão no outro. Isso ocorreu porque o Vasco em pouco tempo demonstrou poderio financeiro para continuar “existindo” por um bom tempo, já que tinha apoio da comunidade portuguesa.

        Não podemos avaliar o passado utilizando as regras do presente, o futebol carioca tinha outra estrutura naquela época.

    • Henrique says :

      Pelo seus argumentos de que não havia rebaixamento, posso crer que a recíproca é verdadeira em 1996, afinal, devido a escândalos de arbitragem (corinthians e atlético-pr), não houve rebaixamento. Em 1999, a mesma coisa, o caso Sandro Hiroshi foi parar na justiça comum e a CBF abriu mão de realizar o campeonato brasileiro, fazendo com que o clube dos 13 o realizasse sem divisões (o São Caetano foi vice). Nessa taça JH, em 2000, o Fluminense foi terceiro nos pontos corridos e o corinthians, foi último. O que fazer no campeonato de 2001? Rebaixar o corinthians? Fazer o fluminense voltar no tempo e ir para a série B? Por que critério? Porque estava lá antes do campeonato? Então o São Caetano, vice-campeão, também deveria voltar. E se assim alguém raciocinar, este campeonato não pode ser considerado brasileiro, pois se alguns pensam que depois dele tudo deveria voltar a ser como em 1999, ele não valia nada.

      • Rafael Leite says :

        Vamos por partes:
        96 – o regulamento previa o rebaixamento e houve virada de mesa para não rebaixar o Fluminense.
        2000 – o Fluminense na condição de clube da segunda divisão deveria disputar o módulo do São Caetano. Ja o são Caetano conseguiu a promoção ao ser vice. E o regulamento não previa rebaixamento, logo o Corinthians não poderia rebaixar.

  8. OLIVEIRA says :

    A maior torcida do mundo parabeniza as torcidas do fluminense, vasco e botafogo, pelo titulo da série “C” do fluminense, pelo titulo da série “B” do vasco e pelo vice do botafogo pela série B, “PARABÉNS ESSA GLORIA NÓS NÃO TEMOS!!!!

  9. Joaquim says :

    E só pra reiterar que o FLAMENGO nunca visitou as séries subalternas do futebol e nem tampouco foi L-A-N-T-E-R-N-A D-A T-E-R-C-E-I-R-I-N-H-A (ou seja, o último colocado na terceira, isto mesmo: TERCEIRA, divisão do Campeonato Carioca) e ao invés de ser rebaixado para a 4ª divisão, subiu para a segunda…

  10. Son says :

    Desculpas, invenções, justificativas… O flamerda era pra ter sido rebaixado, se não foi a culpa é dos dirigentes de futebol – que nesse país de merda, ainda mandam. Corrupção ontem, corrupção hoje, corrupção sempre!
    “Brasil de (fla) merda”

    • Rafael Leite says :

      Pelo jeito vc n leu ou tem problema sério de interpretação.
      Como está escrito, provado, não havia rebaixamento em 1933, assim como na maioria da história do campeonato carioca.
      Não havia segunda divisão.
      Neste ano, estréia do profissionalismo, só 6 clubes eram profissionais no estado.
      Como você queria que houvesse duas divisões?
      Duas com 3 clubes?

    • Rafael Leite says :

      Você torce para que time?
      Pq seguindo sua teoria, o Fluminense deveria ter sido rebaixado em 21, o Botafogo em 23 e o Vasco não deveria ter disputado a Segundona em 1917, já que foi o último colocado da Terceirona em 1917.

      • Joaquim says :

        ____ Concordo com a suz resposta Rafael Leite, mas cabe apenas uma ressalva: o vice (vasco) foi o último colocado da terceirona em 1916 e não em 1917, neste ano (1917) os ‘vascaídos’, mesmo tendo sido o lanterna da terceira divisão no ano anterior, foi o quarto colocado na segunda divisão.
        ____ Para confirmar, acesse estes links:
        ____ a) Rio de Janeiro – Terceira Divisão 1916: vice, digo vasco, lanterna da terceira divisão.

        http://www.rsssfbrasil.com/tablesrz/rj1916l3.htm

        ____ b) Rio de Janeiro – Segunda Divisão – Classificação Final 1917-1919: aqui o vice (vasco) foi o quarto colocado.

        http://www.rsssfbrasil.com/tablesrz/rj191719l2.htm

        ____ c) Aqui uma relíquia rsrsrsrsrsrs, a lanterna da terceirinha de 1916:

    • Alexandre says :

      Segundo sua interpretação, era pra ter sido e não foi. Era mesmo?
      Enfim, se não foi por que deram mole ou porque dirigentes não fizeram série B no ano que o Flamengo ficou em último e etc, não é problema meu e nem dos torcedores do Flamengo. Fato é que não está registrado que o Flamengo esteve disputando a série B.
      Agora quem deu mole eu não sei. O que sei é que NUNCA tivemos esse título. Então, reclama na delegacia e pede pra alterarem o campeonato de 33 se te fizer mais feliz hahaha.

      • Rafael Leite says :

        Não era para ter sido, não havia previsão de rebaixamento no regulamento.
        Qualquer um que tivesse ficado em último continuaria na primeira divisão, seja o Flamengo, o Bangú ou até o Vasco.

  11. Pedro Carlos says :

    Como não havia segunda divisão se O vasco subiu da terceira para primeira divisão???
    E quanto as campeonatos de 1929 e 1934 (penúltimo colocado). Qual é a sua desculpa???
    Pq então houve disputa do campeonato na segunda divisão nestes anos se não houve rebaixamento conforme o link abaixo ???

    http://www.bolanaarea.com/estaduais_rj_div2.htm

    E que tal essa blogueiro [Moderação: retiradas as ofensas ao blogueiro]
    O Flamengo junto com o Internacional, não compareceu aos dois primeiros jogos da fase final do campeonato de 1987, perdendo ambas as partidas por WO e sendo eliminado do restante da competição. Segundo o art. 249, conjugado com o art. 303, § 2º, do Código Brasileiro Disciplinar do Futebol, aprovado pela Portaria MEC Nº 702/81, e com as alterações das Portarias MEC Nº 25/84 e Nº 328/87, em vigor à época, todos os resultados de ambas as equipes no torneio deveriam ser tornados sem efeito, além do rebaixamento de ambas para a 2ª divisão. A CBF só teve peito de manter a eliminação da fase final do campeonato, ignorando a norma vigente que determinava o rebaixamento de Flamengo e Internacional.
    Isso sim é uma virada de mesa

    A FIFA E A CBF oficializaram o SPort como legítimo e único campeão brasileiro de 1987

    Sds

  12. Elímpio Severo says :

    Tá certo, as conclusões a que chegamos então: Em 1933 havia segunda divisão, havia lanterna (Flamengo), mas havia política corporativista, portanto, não havia mobilidade entre divisões, não havia justiça.
    Apelar a esses fatos para tentar salvar a reputação do time nessa ocasião é ridículo. Pouco importa se foi rebaixado, o que a história não apaga é que FOI O LANTERNA, portanto, o pior. Assim como O Botafogo e o Fluminense em 21 e 23.

    • Rafael Leite says :

      Não podemos olhar o que aconteceu a quase um século com nossos valores de hoje.
      Não sabemos quais eram as condições dos times da segunda divisão, se eles tinha estrutura para competir com os grandes clubes. O futebol tinha acabado de surgir no Brasil.
      Não sabemos também a qualidade técnica dos clubes das divisões inferiores, talvez fossem muito inferiores aos 7 ou 8 clubes que ficavam na primeira divisão.
      Basta pensar que pouco depois do Vasco subir, foi aceito na primeira divisão (mesmo tendo sido lanterna da terceira numa das suas temporadas de estréia), pois tinha qualidade técnica e estrutura para tal.
      Outro ponto a destacar é que o Campeonato Carioca se resumia a cidade do RJ, já que nesta época ainda não havia ocorrido a fusão dos estados.

    • Rafael Leite says :

      Só quero deixar claro aqui, que não cabe o argumento baixo de que o Flamengo fez uma virada de mesa para não ser rebaixado, comparando essa lanterna com as seguidas viradas de mesa para beneficiar o Fluminense no final do século passado.

  13. Billy says :

    Olá,bom dia…Como pode vc dizer que o flamengo nesta época era profissional e os demais times não ? lembre-se que o flamengo surgiu do fluminense,ok ! e mais digo que o flamengo nunca vai ser rebaixado e não é por peso de camisa ou por ter os melhores jogadores e etc…é pq rola muito dinheiro é o clube que mais dá dinheiro e só por este motivo NUNCA vai ser rebaixado.então seu bando de flabobos encham bastante o [moderação: mantenha o nivel fazendo o favor] do seu clube de dinheiro briguem e matem bastante que assim quem sabe não sobra mais ninguem no mundo pra vcs dizerem que são seus fregueses… saudações tricolores!!

    • Rafael Leite says :

      Esse é o problema: comenta sem ler o texto. 1933 foi o ano da implantação do profissionalismo no futebol carioca e em boa parte do futebol brasileiro.
      Sobre o Flamengo vir do Fluminense, devemos deixar claro que jogadores tricolores insatisfeitos com o fato de terem que entrar pela porta dos fundos para treinar (já que era um clube de elite e só os sócios entravam pela recepção do clube) e com algumas outras coisas se reuniram e decidiram ir para um clube mais humano, que tratasse as pessoas bem, sem frescuras elitistas. Daí, como o grande Borgeth já era atleta do remo do Flamengo, se reuniram com a diretoria do Mais Querido para sugerir a criação de um departamento de futebol. Assim surgiu o futebol do Flamengo em 1911 (mas o primeiro jogo foi em 1912).
      Nós não rebaixamos neste ano também porque não houve rebaixamento na maior parte da história do futebol. O Fluminense para o qual você torce, por exemplo, foi lanterna do campeonato de 1921. O Botafogo também em 1923. O Bonsucesso foi tetra-lanterna entre 41 e 44. Isso prova que o rebaixamento não era comum, na verdade ele só ocorreu 8 vezes entre 1905 e 1981, conforme pesquisou a Renata Timbó mais acima nos comentários: 1910 (Haddock Lobo – que foi extinto no outro ano, desistindo antes mesmo de começar o campeonato da segundona), 1913 (Mangueira / Bangu / Americano – que faltou vários jogos, perdendo por W.O.), 1914 (Paysandu – abandonou o futebol), 1915 (Rio Cricket – abandonou a liga), 1919 (Carioca), 1920 (Vila isabel/ Palmeiras / Mangueira), 1928 (Vila isabel), 1964 (Campo Grande / São Cristóvão / Olaria / Madureira/ Canto do rio) e 1980 (Goytacaz , Olaria, Bonsucesso, AD Niteroi).

  14. CESAR CUNHA says :

    ESSE TÓPICO SÓ TEM MENTIRAS.(COISAS DE FLAMENGUISTA) CAIU E NÃO PAGOU A SEGUNDONA DE 33

    • Rafael Leite says :

      Que tal você provar com documentos que isso é mentira?
      Todo documento histórico que consultei dizia o que está neste post, inclusive o site da RSSSF Brasil, organização reconhecida como a que tem maior acervo em relação a história do futebol mundial.
      Se você discorda e possui informações privilegiadas que gostaria de compartilhar fique a vontade.
      Mas se simplesmente quiser dizer que é mentira sem provar, só vai demonstrar que estou correto.

      • Antonio Basílio says :

        Prezado Rafael Leite; Já que o site da RSSSF Brasil, organização reconhecida com a que tem maior acervo em relação a história do futebol mundial. Poderia pesquisar e colocar aqui o que ocorreu em 1999 e 2000 no brasileiro e copa João Havelange. Onde acusam o Fluminense de ter feito uma manobra para subir direto para a primeira divisão???

        Grato!!

        • Rafael Leite says :

          Basicamente o Fluminense foi rebaixado seguidamente em 96, 97 e 98 (sendo que em 96 cancelaram o rebaixamento). Em 99 o Fluminense foi campeão da terceira divisão. Acontece que em 99 houve um problema na inscrição do jogador do São Paulo Sandro Hiroshi. Esse problema tirou os pontos do clube nas partidas contra Botafogo e Internacional. Essa mudança fez com que o Gama rebaixasse. Então o Gama entrou na justiça. Por causa da briga judicial, a Cbf abriu mão de organizar o Brasileirão de 2000 que foi repassado ao Clube dos 13, que colocou o Fluminense, o Bahia, o Juventude e o América Mineiro de volta no Módulo Azul, equivalente à primeira divisão. Por isso dizem que o Fluminense deve duas séries b. A de 96 e a de 2000.

    • Valdegon Gonçalves says :

      Adorei seus argumentos…seu bobo…mimimi…rsrsrs

  15. FRANCISCO POLITO says :

    Gostei das discussões, não há que se dizer quem é melhor ou pior, todos já tiveram seus dias gloriosos e suas fases negativas; todos são grandes clubes e times e, não importa hj como tenha acontecido há décadas, todos são vencedores…Mas vou puxar um pouco a brasa p/ minha sardinha: não tenho referências bibliográficas consistentes, porém meu Tricolor foi Tetracampeão Carioca (1906 a 1909), suscitando dúvidas quanto ao de 07, qdo. terminou empatado em ptos. c/ o Botafofo, e o Regulamento dizia que seria Campeão aquele que houvesse feito mais gols, no caso o Flu. Tanto é que o hino do Bota começa…campeão desde 1910. Gostaria de saber suas informações a respeito.Abraços.

    • Rafael Leite says :

      Não conhecia essa história, mas pelo que pesquisei no livro e no site da RSSSF Brasil (http://www.rsssfbrasil.com/tablesrz/rj1907.htm), em 1907 o Botafogo e o Fluminense ficaram empatados em pontos e o regulamento dizia que, em caso de empate, o clube com mais gols seria declarado campeão. O Fluminense fez 16 gols, enquanto o Botafogo marcou 14. Só tem um porém, na última partida do Botafogo o fraco time do Internacional não apareceu e o Botafogo acabou ganhando por W.O. (o que já havia ocorrido no jogo contra o Fluminense), quando provavelmente conseguiria uma goleada. Por isso na época não foi definido um campeão daquele ano, fato que foi revisto em 1996, quando a FERJ declarou os dois clubes campeões, o que me parece a decisão mais sábia já que haviam se passado quase 90 anos.

      P.S.: volte sempre ao blog, gosto de comentaristas que sabem utilizar a razão no lugar de disputas clubísticas. Você foi o primeiro não-flamenguista a não comentar simplesmente dizendo que rebaixamos sem ter nenhum argumento.

  16. Gilmar Meneses says :

    Vocês não conhecem nem a história do Vasco ele jogou a Série C porque se recusou retirar os negros do time…

    • Rafael Leite says :

      Na verdade, o Vasco disputou a Série C em 1916, ano de sua estréia no Campeonato Carioca. Para mim é perfeitamente natural um time ficar em último em seu primeiro campeonato. Poucos times começam sua história com grandes campanhas.
      A questão dos negros é outra história e ocorreu na década de 20. Na verdade, a regra não permitia que os jogadores fossem profissionais, exigindo que eles comprovassem ter outra profissão. Não tinha nada a ver com a cor. A questão era de justiça, como jogadores que treinavam algumas vezes por semana poderia competir com os que viviam do futebol, treinando todos os dias. De qualquer forma, isso não vem ao caso nesta discussão.

  17. vinicius says :

    reponda me então e em 1929 e 1934????? não caiu tbm

    • Rafael Leite says :

      Nos anos referidos, ficamos em penúltimo lugar. Nem o lanterna rebaixou. Conforme já foi dito nos comentários, antes da década de 80, só houve rebaixamento 6 ou 8 vezes.

  18. Sempre a verdade says :

    HAVIA SEGUNDA DIVISÃO SIM EM 1933 NA LCF (Liga pirata não reconhecida pela Fifa na época). Flamengo e São Cristovão abandonaram a liga oficial (isto já era motivo de rebaixamento) e foram para a liga pirata que tinha segunda divisão sim chamada de SUBLIGA. O Fluminense forçou o São Cristovão a disputar a SUBLIGA (2ª DIVISÃO). O Flamengo foi o lanterninha e deveria ter caído, mas se jogasse a SUBLIGA (2ª divisão) seria a morte da liga pirata.
    .
    Contra fatos não há argumentos.
    .
    Vejam o link que prova a existência da SEGUNDONA da qual o São Cristovão foi obrigado a jogar por causa do Fluminense e o Flamengo não. Depois o Flamengo é o lanterninha e foge mais uma vez de jogar a 2ª divisão chamada de subliga.
    .

    http://www.rsssfbrasil.com/tablesrz/rj2camp.htm

    .
    Cuidado, o Flamengo já foi rebaixado, mas muitos conta a mentira que não foi e vão repetir que não foi até virar verdade.

    • Rafael Leite says :

      Essa subliga realmente existia, mas conforme pode ser visto no próprio texto citado por você, era “um estágio ao ingresso na Liga”, não uma Segunda Divisão. Como já disse várias vezes durante os comentários, somente 8 vezes houve rebaixamento no campeonato carioca até a sua implantação na década de 80. O Flamengo e o São Cristóvão abandonaram a AMEA e pediram seu ingresso na LCF, mas só o Flamengo foi aceito, o que é comprovado inclusive pelo texto que você mandou. Segundo a wikipedia, os clubes dessa sub-liga não eram profissionais (http://pt.wikipedia.org/wiki/Campeonato_Carioca_de_Futebol). Na verdade essa subliga era a antiga Liga Metropolitana de Desportos Terrestres, que por alguns anos foi uma liga alternativa à da A.M.E.A.. Com isso fica provado que não existiam mais clubes profissionais no Rio de Janeiro.

  19. Carlos Rodrigues says :

    O campeonato carioca de futebol de 1931 foi vencido pelo América, esta edição do campeonato contou ainda com o REBAIXAMENTO de um grande do futebol carioca: O Flamengo,mas a confederação do Rio de Janeiro entrou para interferir a favor de um grande clube,e não permitiu o REBAIXAMENTO do Flamengo no campeonato que no ano seguinte passaria a ser disputado por 19 clubes ao invés de 18 clubes,o que sobrecarregou a quantidade de rebaixados em 1932, de 3 para 4 rebaixados, esse episódio caracterizou a PRIMEIRA GRANDE VIRADA DE MESA DO FUTEBOL BRASILEIRO.

    WIKIPÉDIA

  20. Alexandre says :

    O Flamengo é o ícone do futebol mundial e como já ficou provado, JAMAIS FOI REBAIXADO! Eu entendo esta doença que acomete os torcedores do arco-íris. Quando o Flamengo ganhou a Libertadores, os vices quiseram buscar um torneio da década de 40 para se equiparar (torneio disputado por clubes convidados), portanto não era uma Libertadores, onde se disputa por algum mérito. Já os flores, ao assistirem o FUDEROSÃO RUBRO-NEGRO ganhar o Mundial, tentaram buscar um torneio batizado de Copa Rio, da década de 50, para tentar equiparar ao mundial interclubes vencido pelo FLAMENGO, um torneio disputado por clubes convidados jamais será um mundial de verdade, até pq se considerarmos torneios internacionais, como mundiais, o Flamengo tem uns 30 mundiais. Agora o chororô, aliado às flores e aos vices nos seguidos rebaixamentos QUE ENVERGONHAM O RJ, querem trazer o FLAMENGO para este lodo. ESTAMOS FORA, CURTAM A DEPRESSÃO DE VCS, TENTEM TER LUZ PRÓPRIA, PQ É POR ESTA PERSEGUIÇÃO AO FLAMENGO QUE A VIDA DE VCS NÃO ANDA. SRN.

  21. Vagner says :

    Rafael….
    tu é um cara muito paciente. Não sei como você consegue responder a tantas mentiras e bobagens. Essa do REBAIXAMENTO DE 33 é hilária. Supera até a notícia que a diretoria do Flamengo subornou os jogadores do Liverpool em 81.

    “Eu teria, um desgosto profundo Se faltasse, o Flamengo no mundo”
    Essa parte do hino serve tanto para a nação como para a torcida arco-íris. Pois falar de futebol sem falar do Flamengo é impossível para qualquer torcedor.

    Flamengo é o Flamengo, o resto, é o resto!!!
    A frase é do tempo do meu avô, mas sempre estará presente na história do MENGÃO!!!

    Vagner.
    SRN

  22. JONATAS says :

    Ñ SEI SE O flamengo é incaível, MAS SEI Q A EXPLICAÇÕES DESSES CARAS SÓ SÃO RAZOÁVEIS PARA ELES MESMO……….. BI CAMPEÕES EM UM SÓ ANO (79), CAI, MAS NÃO CAIU, E HEXA COM 5 TÍTULOS………… KEM ENTENDE ESSAS [moderação: mantenha o nível fazendo o favor] ? UAUASHAUHAUHSUA………………

  23. Luiz Neto says :

    Nossa qto chororô por um rebaixamento q ocorreu da década de 30. Qto a ter mais títulos é patético um clube grande se vangloriar tanto de ter UM mundial e UMA única Libertadores, q não vence há 33 anos…desculpe, meus caros, mais aqui no rj ninguém tem mais títulos q o Vasco…é só pesquisar. bi mundial 53 e 57 (sem essa de reconhecido pela fifa ou não…era um campeonato com os melhores times do mundo, inclusive com o real de di esteffano, para muitos melhor q o rei), primeiro campeão sulamericano de clubes etc etc etc…
    o flamengo é o time de uma década só…antes de 80 sempre foi um clube sem tradição internacional…e depois disso voltou a ser! tanto q o rio são paulo, qdo o couro comia com pelé e mané, o time da gávea NUNCA venceu…
    sei q écruel para o orgulho rubro-negro aceitar essa realidade.
    mas, me desculpem, amigoa, essa é a realidade!
    abs

  24. Thales Jackson Carnby says :

    Explicações e HIStórias não desmentem o que todo o Brasil, menos 35 milhões de urubus, ja sabem; o Fla é um time com sua HIStória baseada em mazelas do futebol. Flamenguistas nunca vão admitir, mas para o resto do Brasil é muito nítido, as finais apitadas por Wright, a Libertadores de 81, os varios títulos estaduais ganhos na mão grande como o absurdo de 2007, o Brasileiro 2009 e aquela bacia das almas de Gremio e Corinthians, as inúmeras vezes que o Fla brigou pra não cair e foi salvo pelos juizes amigos, sem falar no protecionismo operado pela Globo. Não vou citar o episódio de 87 pq é cliche. E acima de tudo, a postura deste flamenguista me assombra. Discutindo com todas as forças, buscando argumentos e brigando pra provar algo sobre um campeonato REGIONAL DE 80 ANOS ATRÁS. Tem que olhar pro passado, pq o presente é tenso e se for ver o futuro, chora. O Emelec manda um abraço, um abraço aos 47 do segundo tempo.

    • Pedro Carlos says :

      Sobre o campeonato de 1987 leia o post isento para ver quem realmente de fato não cumpriu o regulamento se foi o Flamengo ou o Sport.

      http://br.footbo.com/Blogs/19494-Tudo_sobre_Copa_Unio_de_1987

      Sport único e legitimo campeonato brasileiro de 1987.
      Quanto a W.O nos jogos contra sport e Guarani o CND na época previa o rebaixamento imediato como aconteceu com o coritiba em 1989
      Hexa-falsificado Sds

      • Rafael Leite says :

        Presidente do CND em 87 (última instância esportiva à época) diz que o Flamengo foi campeão brasileiro daquele ano e que isso foi reconhecido por unanimidade pelo CND.
        A partir de 3:58.

        Sem mais.

  25. Pedro Carlos says :

    O argumento que não existia rebaixamento não é válido o texto abaixo foi retirado do site canal fluminense no ano em que o Fluminense foi o último colocado
    Porque o Flamengo não teve que disputar um jogo extra com o campeão da segunda divisão para decidir quem ficaria na primeira????
    —————————————————————————————————————————————————————————————————–
    O ano de 1921 não foi bom para o Fluminense. O time vai mal no campeonato carioca e fica em último lugar. Na época, o último colocado da primeira divisão, disputava um jogo eliminatório contra o campeão da segunda divisão (Vila Isabel), para saber se permanecia ou não na primeira divisão. Marcos retorna ao time para a eliminatória e o Fluminense vence por 3 x 1.

    Sds

    • Rafael Leite says :

      Como você pode ver no link a seguir: http://www.rsssfbrasil.com/tablesrz/rj1921.htm, em 1921 o regulamento foi diferenciado ao dos outros campeonatos. Além disso, em 1921 existiam 14 clubes disputando a competição se juntarmos a série A e a série B. Lembrando que nesta época, o futebol ainda era amador.
      Em 1933, só haviam 6 clubes profissionais na cidade do RJ, que era separada do que hoje conhecemos como estado do RJ.
      Logo não havia clubes na 2ª divisão para disputar essa “repescagem” com o Flamengo.
      O mais próximo disso foi a Subliga, que era um estágio de ingresso na LCF, não uma segunda divisão propriamente dita. Ela era composta inclusive de clubes amadores.

    • Rafael Leite says :

      Já no outro ano, o regulamento foi diferente, sem rebaixamento: http://www.rsssfbrasil.com/tablesrz/rj1922.htm
      Acredito que em 1921 tenha sido assim para diminuir o numero de clubes participantes, já que em 1920 eram 10 clubes, passando para 7 em 1921.
      Este regulamento diferenciado pode ter sido criado para possibilitar que os clubes menores retirados do campeonato voltassem a primeira divisão.

  26. Pedro Carlos says :

    Sobre 1987, a justiça/Fifa/CBF reconheceram o SPort como único e legitimo campeão e o resto é chororô

    http://www.superesportes.com.br/app/20,77/2011/11/29/noticia_flamengo,18155/fla-perde-novamente-na-justica-e-o-sport-volta-a-ser-o-campeao-de-1987.shtml

    • Rafael Leite says :

      O CND (órgão máximo do esporte brasileiro, com poder recursal, acima da CBF) considerou o Flamengo campeão brasileiro de 1987 por unanimidade no julgamento ocorrido em 1988, como já disse para o comentarista acima.

      • Ivan Junior says :

        A CBF em questão que vc diz ter reconhecido o Flamengo campeão de 1987, nada mais era que o Sr Ricardo Teixeira, Flamenguista e Sócio do Clube de Regatas do Flamengo, e depois que ele próprio veio a público “desmentir” o suposto título de 1987, a Senhora Patrícia Amorim, hoje presidente do Clube Rubro Negro, o ameaçou de excluí-lo do quadro de sócios do Clube, e com isso, ficou ainda pior ele tentar voltar atrás e continuar com a “FARSA” de um título que o Flamengo NÃO TEM, o Brasileiro de 1987(copa União), que o Sport Recife foi o verdadeiro campeão e reconhecido pela FIFA, tanto é que quem disputou a Libertadores de 1988 foi o Sport Recife(campeão) e o Guarani(vice campeão). Por favor, parem de continuarem enganando os flamenguistas em afirmar que são Hexa, pois NÃO SÃO! E na minha opinião, não são por pura palhaçada, pois o Flamengo tinha um time na época, muito superior a qualquer time do Brasil, mas como já era de costume os “favorecimentos” em tudo, tentaram “armar” mais uma vez, e se deram mal! Bem feito!!!
        Parabéns pelo que vcs realmente são:
        “PENTA CAMPEÕES BRASILEIROS”
        REDE BOBO, CBF, RICARDO TEIXEIRA E FLAMENGO, É MUITA MARACUTAIA E MARMELADAS!!!

        • Rafael Leite says :

          Pouco me importa o reconhecimento ou não do Flamengo campeão brasileiro de 87. Somos campeões e isso já basta para nós. Não disputamos realmente a Libertadores de 88 e isso também não importa.
          O Conselho Nacional de Desportos na época decidiu que éramos campeões e isso que importa.
          Sugiro que você estude um pouco mais sobre o esporte, o Flamengo era o maior clube do país bem antes da criação da Rede Globo, bem antes de Ricardo Teixeira… Na verdade com Ricardo Teixeira no poder não ganhamos quase nada se você verificar. Nossas maiores glórias foram bem antes de Ricardo Teixeira ser alguma coisa.
          Sinta-se a vontade para visitar sempre esse blog. Recomendo inclusive que você leia meus outros textos criticando a Globo, a CBF, a Copa do Mundo, as Olimpíadas…

    • FC says :

      a cbf já reconheceu o flamengo campeao de 87, mas desfez o reconhecimento por causa da acao sport na justica comum….em países sérios o sport seria punido severamente por nao recorrer à justiça desportiva…pra mim isso nao importa nada…hexa é hexa

  27. Ivan Junior says :

    Essa é a matéria mais absurda e enganadora que eu já pude ler!!!
    Provavelmente, a pessoa que escreveu isso, deve ser um flamenguista e repórter da REDE BOBO pra ENGANAR os torcedores do Flamengo,como sempre fizeram!!! O Flamengo já foi rebaixado sim e sempre foi AJUDADO como fazem até hoje!!! Mas eles gostam de ser enganados, tanto é, que pensam que são campeões mundiais, por uma vitória de um jogo promocional realizado pela Marca Toyota e apelidada de Taça Toyota, pensam que são Hexa, sem ser, pois o título de 1987 é do Sport Recife e insubstituível e muito menos divididos como dizem por aí, tantoé que quem disputou a Libertadores de 1988, foi o Sport Recife e o Guarani, campeão e vice respectivamente! PAREM DE MENTIR A RESPEITO DESSE CLUBEZINHO QUE SEM AJUDA NÃO SERIA NADA E JÁ ESTARIA ATÉ EXTINTO COMO MUITOS OUTROS POR AÍ!!!
    CBF, RICARDO TEIXEIRA, BLATER, REDE BOBO E FLAMENGO, tudo farinha do mesmo saco!!!

    • Rafael Leite says :

      Primeiro: já que é mentira me traga informações seguras de que o Flamengo foi rebaixado, prove o que diz com fatos comprovados. Pode ser recortes de jornais, pode ser livros, só não me venha com links de sites da torcida arco-íris sem credibilidade. Você provavelmente nem deve ter lido o texto nem os comentários. Se não percebeu, tudo que escrevi foi baseado em pesquisas sérias, vendo os dados reais do que ocorreu. A principal fonte foi um livro que conta a história do futebol carioca. Outra fonte foi o site do RSSSF Brasil que têm estatísticas de diversos campeonatos de futebol, inclusive do campeonato carioca.
      Segundo: você demonstra uma total falta de conhecimento mesmo, neste mesmo blog já fiz inúmeras críticas tanto a Rede Globo quanto a CBF. Veja as postagens da categoria esportes (http://leitesf.wordpress.com/category/esportes/) para verificar.

      P.S.: a única coisa que você acertou é que sou flamenguista, nem jornalista eu sou. Só uma pessoa que gosta de escrever de vez em quando aqui no blog.

      • Ivan Junior says :

        Ok Rafael, então me desculpe pelos meus “erros”, pois foi a 1ª vez em que eu entrei em seu blog, realmente não li outras matérias a respeito da Rede globo e CBF, mas que sempre enganam vcs flamenguistas, isso é verdade! O Vasco tem 2 títulos mundiais(1953 e 1957) que a FIFA nunca reconheceu, e a mesma FIFA reconheceu um jogo promocional da Marca Toyota(Taça Toyota) em que o campeão Europeu naquele ano foi o Real Madri, e que por ser um jogo promocional, preferiu dar férias a seus jogadores e com isso, o Liverpool foi convidado a jogar contra o Flamengo, ou seja, ainda não era reconhecido como mundial de clubes, esse título foi dado pela Rede Globo por se tratar de ser o Flamengo um clube Brasileiro, o que depois foi aceito pela FIFA o título mundial de clubes, onde os clubes passaram a disputar mais profissionalmente e a acreditar que não seria apenas um jogo profissional.
        É a mesma coisa onde a REDE GLOBO sempre diz de uma tal rivalidade entre Brasil e Argentina, o que para os Argentinos, o maior rival deles é o Uruguai, entendeu mais ou menos o que eu quero dizer, quando eu falo na Rede Globo? Ela mente e induz o torcedor a acreditar em tudo que ela passa e diz…
        Abraços e parabéns pelo Blog! Mas deixa de ser torcedor e publique mais verdades sobre seu time, e não tente fazer igual a Rede Globo, induzir as pessoas! kkkkkkkkkkkkkkk

  28. Fred says :

    Engraçado vcs falarem que o Fluminense foi beneficiado com virada de mesa… Algo que foi super maléfico a um clube com tanta tradição!!! Se caiu para a série c, tinha todas as condições de jogar, se reestruturar e subir pelo campo, o que não aconteceu devido as vontades políticas de alguns clubes e suas respectivas federações.Mas que o Flamengo e mtos outros clubes já se mexeram por debaixo dos panos tanto quanto para rebaixamento quanto para resultados de jogos não há nenhuma dúvida.

  29. Fred says :

    Para mim perder um jogo para um adversário cair ou ser campeão não demonstra nenhum tipo de grandeza!!

  30. JORGE says :

    Incrível como os [Nota do Administrador: não aceitamos ofensas com fundo racista neste blog, procure.buscar o que significa esse termo antes de reproduzi-lo] se complicam cada vez mais ao tentar explicar a QUEDA PARA SEGUNDA DIVISÃO no Campeonato Carioca de 1933 e o “Título da Copa União de 1987″ que foi parar na Ilha do Retido por incompetência de sua diretoria!!

    fRamengo é o único clube “grande” que tem conquistas contestadas na história do futebol.

    Um vergonha nacional, e ainda tentam manipular a opinião pública se utilizando da famigerada Rede gROubo de Televisão….

    Jamais serão considerados campeões de 1987, perdeu…

    Jamais a pecha de time de ladrões irá sair de suas costas!!

    Fato!!

    • Rafael Leite says :

      Faça o seguinte, encontre provas do que está dizendo e passe para mim as mesmas.
      Sobre o Brasileirão de 87, somos campeões e qualquer pessoa com o mínimo de conhecimento do que é futebol e que não seja um completo cego pelo clube que torce considera o Flamengo campeão. Fomos campeões em campo e tivemos o apoio de todos os clubes grandes e médios que compõem o Clube dos 13. Isso que é importante.
      E não respondo teorias da conspiração.

    • Rafael Leite says :

      Interessante ver um torcedor vascaíno que tanto se orgulha de supostamente ter lutado pela presença dos negros no futebol utilizar um termo racista como mulambo em seus comentários.

      • JORGE says :

        Rafael. Não é preciso tem consciência para saber que cada clube tem de cumprir o regulamento. e o Fla não o fêz… essa é a maior prova, que fez a justiça dar o título de 1987 ao clube que cumpriu todo regulamento… Não posso escrever mulambo, mas vc pode???

        • Rafael Leite says :

          O regulamento de 87 foi cumprido pelo Flamengo, a CBF que mudou o mesmo durante o campeonato. O CND, orgão máximo do esporte na época declarou o Flamengo campeão. Sobre o uso do termo mulambo, não o utilizei me dirigindo a ninguém, só o citei para demonstrar que você o utilizou. Neste comentário em que você o citou também o mantive, já que vc n estava dirigindo o mesmo a ninguém.

  31. Anselmo Guedes Silva Júnior says :

    Li tudo!!! Vão estudar Cruzmaltinos e Tricolores pó de arroz!!! Vocês são um bando de Sofredores sem argumentos e provas!!! Meus Parabéns Rafael Leite, tirei muitas dúvidas e aprendi mais um pouco sobre o meu flamengo!!

  32. Marcelo says :

    Se vc concorda que o flamengo não foi rebaixado, pois não tinha times suficientes (logo, o regulamento da época não falava sobre rebaixamento) nesse campeonato de 33, vc há de concordar que o flamengo não foi campeão em 87, pois, segundo o regulamento do campeonato, o campeão seria o vencedor daquele quadrangular final, do qual o flamengo e inter foram eliminados por WO. Então, chora, [Moderação: mantenha o nível, não aceitamos ofensas neste blog.]!

    • Rafael Leite says :

      Só tem uma falha no seu “argumento”: o regulamento do Campeonato Brasileiro não previa um cruzamento entre a Série A (Módulo Verde) e a Série B (Módulo Amarelo) para definir o campeão brasileiro. O regulamento foi alterado depois do campeonato iniciar a revelia do Clube dos 13, organizador do Campeonato Brasileiro de 87, já que a CBF decidiu não organizar por falta de dinheiro e depois voltou atrás.

      • Pedro Carlos says :

        “Só tem uma falha no seu “argumento”: o regulamento do Campeonato Brasileiro não previa um cruzamento entre a Série A (Módulo Verde) e a Série B (Módulo Amarelo) para definir o campeão brasileiro”

        Mentira!!! Isso quem estipulou foi o clube dos 13 e a CBF estabeleceu desde o início que haveria o cruzamento dos módulos para definir o representante da Libertadores e campeão brasileiro. Quando o campeonato já estava no final o sr Márcio Braga convocou um conselho arbitral para confirmar o que a CBF já estabelecia desde o início : o cruzamento de módulos. Só que com o campeonato já em andamento deveria ser aprovado por unanimidade e não por maioria simples de votos como propunha este sr. Já que o Flamengo sabia desde o inicio que a CPF estipulava o cruzamento dos módulos porque aceitou jogar a competição então????

        A propósito , porque o Flamengo já entrou direto na primeira divisão em 1912 sem passar pela segunda como foi o caso do Vasco???

        • Rafael Leite says :

          O que foi definido em acordo definido entre o Clube dos 13 e a CBF é que haveria um cruzamento para definir as vagas da Libertadores, não o campeão brasileiro.
          Sobre o Carioca de 1912, veja que em 1911 somente 5 clubes dsputaram o Carioca, por isso haviam vagas “sobrando” para quem demonstrasse condições de disputar o Carioca de 1912, o que era o caso do Flamengo, por já ser um tradicional clube de regatas carioca. Além do Flamengo, 3 outros clubes disputaram o Carioca de 12, sem ter disputado o de 11. Nesse ano, inclusive o Botafogo havia se desfiliado e criado um Carioca paralelo com times de menor (ou nenhuma) expressão.
          No caso do Vasco, estreou numa época (1916) em que o Carioca já possuia mais clubes, não tendo vaga na 1ª Divisão, foi para a terceira, ficando na lanterna. Mesmo assim disputou a primeira no ano seguinte.

          • Pedro Carlos says :

            Meu amigo vai se informar melhor. OLha um pequeno texto que etrai do blog abaixo

            http://jornalheiros.blogspot.com.br/2011/02/verdade-sobre-1987.html


            Vale lembrar que o regulamento da Copa União previa que se um clube se classificasse em primeiro nas duas primeiras fases, (Atlético-MG) a vaga seguinte seria do time que tivesse a melhor campanha nas duas fases. (Grêmio 18 pontos – Flamengo 17 pontos), mas para o Flamengo se classificar, o regulamento que deu a vaga ao time das farsas foi o da CBF que previa a vaga ao segundo colocado apenas daquela fase (Flamengo 12 pontos). Isso é prova de que o regulamento não só existia, como anulou o do Clube dos 13.

            Outra prova é o próprio reconhecimento da CBF anterior a essa presepada, onde ela cita no parecer dos auditores, o artigo 6° parágrafo 2º. Segundo me consta, algo posterior é chamado de adendo e não de artigo.

            Vejam aqui o artigo 6º parágrafo 2º, citado na “Sentença da 10ª Vara Federal de PE” sobre o campeonato brasileiro de 1987:

            e

            Com relação ao Conselho Arbitral, o Artigo 5º “d” da resolução 16/86 do próprio CND afirma que só há modificações se houver unanimidade. Vejam aqui:

            O destemido Cleber não está de todo errado, mas só está certo no que diz respeito até onde sabe. O que ele e a maioria não sabem, é que essa história de Eurico assinar algo, é apenas para que se possa ludibriar o cidadão, fazendo-o pensar com isso, que o regulamento fora imposto posteriormente, uma vez que se Eurico assinava algum documento nos momentos finais do Campeonato, só poderia ser a tal modificação imposta. Como vemos na primeira imagem, o regulamento já previa o cruzamento. Tal documento assinado por ele, nunca apareceu, ninguém viu, embora teria sido uma prova irrefutável de mudança, a qual daria razão ao próprio Sport Recife de que se num determinado momento alguém assinou que valia a “mudança imposta”, ela valeria, tal qual a CBF hoje diz valer, um documento assinado por todos os participantes, que teriam concordado em aceitar o Flamengo como campeão de 87. Tais documentos tem o mesmo peso: declarações. Nada mais, sendo que até hoje, não vi nem um nem outro.

            O Sport Recife entrou na justiça comum, mas não foi contra a CBF, pois como diz Cleber e assim pensam 30 milhões de idiotas que precisam do apoio moral da maioria, a FIFA não permite, mas sim contra o CND (Conselho Nacional de Desportos que era parte da União Federal, por tanto a ação judicial não foi na esfera esportiva) e a ação foi para que a CBF pudesse declará-lo como Campeão Brasileiro de 1987, uma vez que foi o CND quem interferiu no regulamento, obrigando a CBF a reconhecer o Conselho Arbitral não unânime, passando por cima do Artigo 5º “d” como visto acima. Confirmando o que eu digo, vejam aqui:

            e

            Ou seja, se fosse o regulamento original O GRÊMIO estaria classficado

            Sds

        • Alexandre says :

          POrque o Vasco é clube de segunda divisão! Simples assim hahahaha

  33. Renato says :

    Amigos Flamenguistas, parem de falar tanta besteira… o Flamengo ficou em último lugar no Carioca de 1933… E existia sim a SEGUNDA DIVISÃO DO CAMPEONATO CARIOCA DE 1934…. pesquisem antes de falar /+/

    http://www.rsssfbrasil.com/tablesrz/rj1934l2.htm

    • Rafael Leite says :

      Esta segunda divisão pertencia a Associação Metropolitana de Esportes Athléticos (AMEA), o Flamengo e todos os clubes profissionais disputavam a Liga Carioca de Football (LCF).

  34. Renato says :

    Vc mesmo disse que o Flamengo abandonou a AMEA ;) Pode isso?

    • Rafael Leite says :

      Abandonou por decidir se profissionalizar.

      • Renato says :

        Blz, já que ficou em último, agora pague a dívida e jogue a Série B.

        • Rafael Leite says :

          Se o regulamento previsse isso teríamos com certeza disputado.
          Se você torce para o Vasco, o Vasco foi lanterna da Série C em 16 e disputou a Série B em 17. Que tal?
          Se torce para o Botafogo, saiba que ele foi lanterna em 23 e não disputou a segundona em 24.
          Se torce para o Fluminense, saiba que ele foi lanterna em 21 e não disputou a segundona em 22.
          Não existia rebaixamento, portanto não devemos nada. Assim como o Flu, o Vasco e Botafogo não devem nada em relação ao Carioca, pois seguiram o regulamento.
          Já o Flu e o Botafogo foram beneficiados em viradas de mesa no Brasileirão. O Vasco tem a conta limpa em termos de rebaixamentos não pagos. Quando caíram disputaram a segundona e foram campeões dignamente, respeitando a moral e os bons costumes.

  35. Renato says :

    E aonde que o Flamengo é Hexa? Pra que ficar se iludindo?

    • Rafael Leite says :

      Se você torce para qualquer clube participante do Clube dos 13, seu clube assinou um acordo dizendo para quem fosse o campeão não disputar o campeonato.
      Se seu clube não tem palavra, sinto muito.

      P.S.: até o Sport já assinou um acordo em 97 solicitando que a CBF reconhecesse ambos os clubes como campeões em 87.

      • Renato says :

        Amigão, não existe essa de mudar regulamento no meio da competição, quem manda é a CBF… Se o Flamengo fosse melhor, não teria medo de enfrentar o poderoso Sport…. o Vasco não enfrentou o São Caetano que estava na Série B? então, porque o Flamengo não disputou contra o Sport… preferiu tomar um W.O…. quem jogou a Libertadores foi o Sport… não adianta vcs ficarem brigando por algo por algo que é do Sport…
        Eu sei bem da história, o Sport não assinou e não aceita que se fale q o flamengo quer dividir o título, repare que apesar de a Globo não mostrar, a matéria da Record é mais recente que tem… (06/2011)
        Vc viu o video, não se faça de desentendido /+/

        • Rafael Leite says :

          O vídeo fala somente no motivo para a CBF ter reconhecido, não entra no mérito da questão em si. A CBF só reconheceu por causa disso mesmo, concordo neste ponto. Assim como só reconheceu a Taça Brasil e o Robertão por motivos políticos também.
          Sobre o que falei veja os links a seguir:

          • Renato says :

            No video deixa claro: “SÓ O SPORT É O CAMPEÃO BRASILEIRO DE 1987″… o clube dos 13 não manda na CBF (tanto q já foi até extinto)… o Troféu das Bolinhas está com o São Paulo… a Justiça já decretou, não adianta mais tentar mais, já foi falado isso /+/

            • Renato says :

              Acho também que deveria ter uma justiça pra tirar os títulos roubados de 1980, 1981, 1982… além dakela vergonha de título entregue em 2009… essas manchas sujas no futebol (como a famosa história das papeletas amarelas), isso vcs nunca apagarão, eu teria vergonha de torcer pra um time assim… por isso tenho orgulho de torcer pro clube com a história mais bonita do futebol brasileiro…. se vc for mesmo um torcedor consciente (o q a maioria n é), vc irá reconhecer isso /+/

            • Rafael Leite says :

              Fique com sua opinião que eu fico com a minha.

              • Renato says :

                Sim, temos quer ser justos, sabe que só falei a verdade… mas a maioria dos Flamenguista “fingem” não saber da verdade ou não sabem mesmo /+/

                • Rafael Leite says :

                  Na verdade entendo sua opinião, deve ser difícil torcer para um rival do maior clube do mundo.
                  A questão é que essa discussão é infindável, nenhum de nós nunca vai ceder porque nossa opinião já é formada sobre o assunto.
                  Infelizmente temos cartolas péssimos no futebol brasileiro que causam esse tipo de confusão. Se tivéssemos um campeonato minimamente organizado essas discussões nunca ocorreriam. Teríamos no máximo a discussão de erros de juízes e coisas do tipo que também são infinitas, mas pelo menos tem menos a ver com incompetência de dirigentes.

                  • Henrique da Colina says :

                    Primeiramente, parabéns pelo blog. É coisa RARÍSSIMA ver tanta coerência vinda de um rubro-negro quando o assunto é futebol. Mas quanto à ser o “maior clube do mundo”… quebre o meu galho, amigo… O de maior torcida com certeza, é inegável. Mas se fazer passar acima dos europeus por pura paixáo a abusar da utopia…

                    Bem, mas o que me tras aqui é o Brasileiro de 1987: como já disseram bem, quem representou o Brasil na Libertadores de 1988 foram Sport e Guarani, e por si só, isso já deixa bem claro quem detem DE FATO os títulos de campeão e vice daquele ano. E se virada de mesa justificasse não cumprir regras alteradas durante a competição, em 2000 ninguém e sã consciência acreditava que o São Caetano iria avançar nos plays-off. Tanto é que até hoje a contagem da artilharia é confusa, pois os gols do Ademar anterior aos cruzamentos com os Gigantes não foram computados. No enanto, ninguém se recusou à enfrentar o time do ABC na final, que por sua teoria, o Vasco teria plenos direitos, usando os mesmos argumentos do Flamengo… Mas para o Clube da Colina, campeonato se fazem no campo, e por isso conquistamos o nosso Tetra Brasileiro em 2000, sem precisar correr de ninguém!

                    Fora essa discordância acima citada, parabenizo-o mais uma vez pelo excelente conteúdo do Blog, e por sua postura hiper racional mesmo diante de uns “comédias” que surtam ao defender seu time de coração e ignoram os fatos. Aquele abraço!!!

                    • Rafael Leite says :

                      Primeiramente agradeço pelos elogios. O caso do São Caetano foi realmente impressionante. Só vejo algumas diferenças com o campeonato de 87: o regulamento até onde sei foi acordado desde cedo entre a CBF e o Clube dos 13 e, se não me engano, o regulamento foi um pouco diferente por colocar os melhores dos módulos “menores” em uma determinada fase inicial do mata-mata reconhecendo que eram módulos com times teoricamente mais fracos e dando oportunidade para eles surpreenderem. De qualquer forma reconheço que essa discussão sobre 87 é infinita, nunca as partes chegarão a um acordo. Pretendo um dia fazer uma postagem sobre esse campeonato, o que dificulta é que as informações que encontro na internet são muito tendenciosas para ambos os lados. Como gosto de escrever baseado em fatos, deixando um pouco minha paixão ao Mengão de lado para dizer o que aconteceu realmente, assim como fiz nessa postagem.

                      P.S.: sinto falta de Brasileirões como esses com playoffs, a emoção era muito maior. Talvez por isso tenha um carinho pelo Carioca e pela Copa do Brasil.

                    • Rafael Leite says :

                      Sobre ser o maior clube do mundo realmente é um “exagero” apaixonado. Mas que estamos entre os maiores com certeza estamos, assim como o Boca, o Barça, o Santos, o Real, o Benfica, o Milan e até o Vasco. Temos que pregar o respeito entre as torcidas, futebol tem que ser alegria.
                      Se não fosse a rivalidade saudável o futebol não teria graça. Volte sempre.

                • Rafael Leite says :

                  De qualquer forma você não chegou aqui com comentários contendo somente ofensas e vazios de argumentos.
                  Apresentou seus argumentos, mesmo que eu não concorde com eles respeito quem participa de discussões dessa maneira, de forma respeitosa, com brincadeiras de futebol, mas sem ofensas.

      • Henrique says :

        O clube dos treze avalisou todas as supostas viradas de mesa que vc diz ter ocorrido no passado.

  36. Pedro Carlos says :

    Em 1933 existia uma subliga de acesso a liga (espécie de segunda divisão) . como já foi exposto nos posts anteriores e, baseado no que foi exporto em 1987, prove com o regulamento a hipótese que o flamengo foi “convidado ” a continuar ao invés de ir para a subliga
    Sds

  37. Lisandro Lima says :

    É incrível ver como os anti-flamenguistas não aceitam a verdade mesmo sendo exposta nitidamente, foi mostrado tudo sobre o carioca de 1933 e mesmo assim não aceitam, parece ódio que tem do clube não sei explicar, ate eu fiquei impressionado de ver FLUMINENSE ultimo lugar no carioca de 1921 e o BOTAFOGO em ultimo lugar no carioca de 1923, e não foram rebaixados, sobre isso ninguém fala, só querem questionar a ultima colocação do FLAMENGO em 1933. Parabéns ao Rafael Leite por ter postado todas essas informações, para os anti-flamenguistas o choro é livre.

  38. ruan maciel fernandes says :

    argumento mas ridiculo q ja vii
    nao tinha time profissional?
    meu querido antes msm do ano do rebaixamendo do flamengo o vasco ja tinha jogado a serie B.isso ja e o suficiente pra provar q ja existia siim a serie B
    infelizmente essa torcida ridicula e vergonhosa faz de td pra nao aceitar,e querer usar a queda de outros times falando q o seu nunk foi rebaixado.mais pelo menos na minha opiniao nao importa argumentos,a tabela nao nega,o flamengo ficou em ultimo, q era o time a ser rebaixado!

    • Rafael Leite says :

      Apresente argumentos que prestem então para provar o contrário.
      Não encontrará, pois o que está escrito nesta postagem é a mais pura verdade.
      Quaisquer dúvidas podem ser tiradas através dos comentários, já rebati todos os tipos de argumentos possíveis.

      • Pedro Carlos says :

        Vai se informar melhor meu amigo ao invés de expor bobagens no site
        Como já foi exposto anteriormente Fluminense e Botafogo disputaram jogos chamados de prova eliminatória

        http://www.rsssfbrasil.com/tablesrz/rj1921.htm

        http://www.rsssfbrasil.com/tablesrz/rj1923.htm

        se perdessem estariam rebaixados para a SÉRIE b (espécie de SEGUNDA DIVISÃO)
        e o Flamengo abandonou a disputa da AMEA no meio (que tinha segunda divisão) e ficou em último na LCF (que tinha a subliga de acesso e não tinha segunda divisão)
        Ficam falando de Fluminense e Botafogo mas pra mim isso é uma
        bela “virada de mesa”. Feio mesmo!!!

        Sds

        • Rafael Leite says :

          Tudo bem, o Flu e o Botafogo não rebaixaram por causa da partida, realmente não pesquisei com muito afinco sobre isso por não ser o objeto do post.
          Sobre o Flamengo ter saido da AMEA, como poderia disputar a segunda divisão de um campeonato que não participava mais? Sejamos razoáveis.
          A LCF não tinha segunda divisão, logo não existiu virada de mesa.
          Somos o único time que nunca rebaixou e pronto.

          • Pedro Carlos says :

            Pesquise também a classificação dos Flamengo nos campeonatos de 1929 e 1934 (penúltimo) e prove que o regulamento não previa o descenso para estes casos tb. Já que no campeonato 1933 não tinha segunda divisão mas nos subsequentes sim não tem respaldo de falar da queda do Bota em 1986 e flu em 1996 já que a CBF cancelou os rebaixamentos bem como em 2000 em relação a ida do fluminense para a série A

            E a propósito sobre 1987 se a CBF cumprisse o que estava no estatuto do CND , o Flamengo seria rebaixado, junto com o Inter, pq se recusaram a disputar a fase final do Brasileirão e perderam os seus respectivos jogos por WO, para Guarani e Sport

            Sds

            • Rafael Leite says :

              Vamos por partes, em 1929 não houve rebaixamento, basta ver que o último colcoado (SC Brasil) disputou o campeonato de 1930).
              Sobre 1934: mesma coisa, o Bonsucesso que foi o lanterna também disputou o campeonato posterior que só teve 6 clubes por ter ocorrido uma nova cisão no campeonato carioca.
              Sobre o Botafogo nem acho que tenha sido uma virada de mesa por causa do Botafogo, foi por incompetência da CBF de organizar um campeonato.
              Já o Fluminense foi claramente alçado a primeira divisão duas vezes por viradas de mesa. Pouco importa quem realizou a virada de mesa, não deixa de ser ridículo e vergonhoso.
              Sobre 87, o CND deu ganho de causa para o Flamengo e considerou o Flamengo campeão brasileiro, pois a CBF mudou o regulamento com o campeonato rolando. De qualquer forma não disputamos o campeonato da CBF para podermos ser rebaixados. Foi uma disputa política entre os clubes e a CBF não esportiva, não confunda mérito esportivo com mérito político. Fomos campeões brasileiros daquele ano, não faz sentido algum disputarmos a segunda divisão no ano posterior.

              • Pedro Carlos says :

                Meu amigo a justiça federal deu o titulo ao SPort e ponto final.

                Coisa que seu clube tentou várias vezes e não conseguiu até hoje embargar até hoje a sentença definitiva

                Confio mais na justiça federal do que na decisão de membros [Moderação: não aceitamos ofensas e acusações infundadas neste blog] do STJD
                ALém disso cheque pelo regulamento que está na flapedia em 1987 que o Flamengo deveria ser eliminado
                http://www.flamengo.com.br/flapedia/Campeonato_Brasileiro_de_1987#Classifica.C3.A7.C3.A3o portanto segiu o da CBF
                faça uma busca no item regulamento ok

                Sds

                • Rafael Leite says :

                  Sinta-se a vontade para pensar da maneira que quiser, somente respeite a opinião das outras pessoas.
                  O CND (não o STJD), que era o órgão superior do esporte em 1987, declarou que o Flamengo era campeão brasileiro. E mesmo que não o tivesse declarado, somos campeões de fato. O Sport pode ser campeão de direito, mas quem ganhou a final do Brasileirão 87 foi o Flamengo e ninguém mais.
                  Quem entende de futebol e deixa de lado as paixões clubísticas pensa dessa maneira.
                  Se o campeão aquele ano fosse qualquer um diria a mesma coisa, mesmo se fosse o Botafogo, o Vasco ou o Fluminense.
                  Volte sempre.

                  • Renato says :

                    Rafael e Galera, acho q seria interessante todos verem esse video para elucidar o que aconteceu em 1987… muito esclarecedor

            • André (Flamengo com orgulho) says :

              Se o campeonato de 1987 não foi realizado pela CBF, como poderia a mesma rebaixar o Flamengo e o Internacional????
              Eu acho que está faltando estudo para algumas pessoas aqui.

              Além disso, falando de uma época em que meu pai ainda nem era nascido (1929/1934), a questão já foi mais do que explicada. Em primeiro lugar, eram duas ligas. Em segundo lugar, pela falta de times na liga, não tinha rebaixamento.

              Será que entendeu ou tenho que desenhar???!!!!?????!!!!

  39. Renato says :

    Sejamos sinceros, o video está muito bem feito e não fala nenhuma mentira… esclarece e muito a qualquer torcedor de futebol que assistir…
    o Flamengo e os outros clubes quando jogaram o Campeonato sabiam do regulamento e mesmo assim o clube dos 13 assinou pelo cruzamento dos dois módulos (assim como o Vasco que jogou contra o São Caetano em 2000)…
    O Sport é provado o legítimo campeão de 1987, tanto que está com o troféu, jogou a Libertadores, o São Paulo está com o troféu das bolinhas… e os únicos que se consideram campeões são os Flamenguistas que foram enganados durante todos esses anos…

    • MARCIO NUNES SILVA says :

      por favor comente com sua sensatez a respeito de 2000???!!! fale-me sobre o regulamento… porque o sr. eurico miranda ficou gritando como louco para tirar os feridos que o jogo tinha que continuar…fico aguardando. mas por favor…com a mesma sensatez,aguardo seus comentários, ok??? e a proposito vejo que vc não conhece de fato o que ouve em 1987…o clube dos treze em um arbitral ja no fim do campeonato mandou este [Nota do administrador: evite ofensas a terceiros] do futebol( sr. eurico miranda) representar o clube dos treze, em uma reunião com a cbf ( esta mesma que vcs dizem flamenguista ) e ele vendo os finalista, e claro com o time dele fora de qualquer disputa,sem o consentimento dos outros clubes( dos treze) votou e acertou que teria cruzamento. fale-me com sua sensatez,o que vc acha disto??? por favor, sem hipocrisia barata.

  40. Renato says :

    Amigão, no primeiro video que enviei o próprio Presidente do Clube dos 13 em 1987 (Carlos Miguel Aidar) diz ao Juca Kfouri que ele deu poderes para o Eurico representá-lo junto a CBF assinando o cruzamento dos dois módulos. É só prestar atenção no vídeo.

    • Rafael Leite says :

      Tudo bem, mas continuo considerando que o Flamengo é campeão.
      Essa discussão é infinita.
      Para mim e para boa parte dos brasileiros o Flamengo é campeão brasileiro de 87. E é isso que importa.

  41. Tarcizio Almeida says :

    Por que o São Cristóvao que abandonou a liga amadora em 1933 junto com o Flamengo não disputou a LCF daquele ano ?

  42. Enilson Quintao says :

    Parabens Rafael ¨Delirium¨Leite. Vç consegue enganar 90% dos Flanalfabetos que torcem p seu time. Lembre-se:desde 1987,seu time está ¨de favor¨na primeira divisao. Isso sem lembrar de 2002,2005 e 2009. Portanto,seu time é TETRA REBAIXADO MORALMENTE. Abs

    • Rafael Leite says :

      Claro, deveríamos ter sido rebaixados junto com o Internacional e todos os grandes clubes do Clube dos 13 por termos iniciado uma revolução no futebol brasileiro. Não seja ridículo.
      Sobre 2002, já respondi várias vezes, procure nos comentários.
      Sobre 2005, o que aconteceu?
      Sobre 2009, deveríamos ter rebaixado por sermos campeões?

      Apresente fatos, provas. É muito ridículo comentar somente com ofensas, sem apresentar argumentos minimamente embasados.

      • gho0sttDavid says :

        sobre 2009 na ultima rodada.
        jogadores do gremio falam para o presidente do clube:
        caraca presidente to muito cansado falta muitos jogos preciso de descanso, minha vida só é joga futebol, tenho q descansar.
        alem disso esse jogo nao vale nada né, só um campeonato vei q nem é importante.
        sobre esse ultimo jogo o q vc tem a dizer, e nao venha me dizer q o problema sao deles, pois fizeram vcs mulambos serem ”campeoes”.

        • Rafael Leite says :

          O choro é livre.
          Essas dúvidas de jogadores fazerem corpo mole em final de campeonato sempre ocorrem no sistema de pontos corridos.
          O time do Grêmio jogou com vontade, até fez o primeiro gol da partida.

    • Anselmo Guedes Silva Júnior says :

      Tu deve ser bem um pseudo intelectual cruzmaltino sofredor secador anti flamenguista, pois esse teu comentário de “TETRA REBAIXADO MORALMENTE” eu nunca tinha lido ou visto, argumentos sem nexo e fundamentos!! Falar qualquer quer um fala, agora provar é outra história!!!!!!

  43. Rafael Martins says :

    Parabéns Flamengo!!

    FLAMENGO: o único Tetra-Tri-Vice da história do Campeonato Carioca!!!!

    (22-23-24)
    (36-37-38)
    (82-83-84)
    (87-88-89)

    • Rafael Leite says :

      De todos os citados, só foram 3 finais. De qualquer forma, válido seu levantamento.
      Mas também somos os únicos pentra tri campeões.
      E só o Vasco e o Botafogo foram tri-vices para o mesmo clube em finais realmente.

      22 – pontos corridos
      23 – pontos corridos
      24 – pontos corridos
      36 – teve final (para desempate)
      37 – pontos corridos
      38 – pontos corridos
      82 – triangular
      83 – triangular
      84 – triangular
      87 – triangular
      88 – final
      89 – final

  44. edu says :

    So um comentario a respeito de 1987. Derepente vocês tiram o coelho da cartola. Porque o Guarani, vice campeão brasileiro de 1986 e america do RJ quarto colocado do mesmo ano não disputaram a copa união, que foi considerada na epoca a 1 divisão de 1987. Nunca vi isso em todo o mundo o segundo, e o quarto colocado (em 1986) não disputara a primeira divisão do ano seguinte no caso em 1987. tem muito caroço nesse angu.

    • Rafael Leite says :

      Isso ocorreu porque a CBF não tinha condições de organizar o Brasileirão que era uma bagunça na época. Daí criaram o Clube dos 13 para organizar o campeonato. Para viabilizar economicamente a competição, só os clubes maiores e mais rentáveis foram convidados para participar. Por isso clubes pequenos como Guarani, Sport, Bangú e América ficaram de fora. Aí a CBF, com a pressão das federações, decidiu organizar o campeonato para esses clubes menores. Com mais pressão das federações, ela decidiu que o vencedor e o vice da Copa União deveriam fazer um quadrangular com o vencedor e o vice do campeonato deles para decidir o campeão brasileiro, o que não foi aceito pelo Clube dos 13 (não foi o Flamengo que não quis, todos foram contra). Daí surgiu essa briga eterna para decidir quem foi campeão brasileiro em 87. Mas o que ninguém pode negar é que o Flamengo foi campeão do campeonato com o maior número de grandes equipes.

      • edu says :

        SIM INDISCUTIVELMENTE O FLAMENGO E CAMPEÃO DA COPA UNIÃO.MAS E ERRADO,O VICE, E QUARTO NÃO DISPUTAR. ELES TINHAM DIREITO SIM DISPUTAR A TAL COPA UNIÃO. FAZER O QUE NÉ.O BRASIL NÃO E UM PAIS SERIO MESMO, IMAGINA O FUTEBOL. AI FOI O FINAL DO AMERICA DO RJ. NUNCA MAS DISPUTOU NADA. E UMA LASTIMA. CAMPEONATO DIRIGIDO POR DIRIGENTES AMADORES DA NISSO. SALVEM O AMERICA. O FUTEBOL DO RIO SO VIVE POR CAUSA DA TORCIDA ESPALHADA PELO BRASIL INTEIRO, SE FOSSE VIVER SO PELOS “GRANDES DIRIGENTES” NEM NA SERIE B ESTARIAMOS.

        • Rafael Leite says :

          Concordo contigo.
          Foi um absurdo clubes como América e Guarani não disputarem o Brasileirão de 87 entre os melhores.
          Sou flamenguista, mas tenho um grande carinho pelos clubes “pequenos” do estado, como o Bangú, o Bonsucesso, a Portuguesinha, o Olaria, o Goytacaz, o São Cristóvão e outros. Fico muito triste em ver a situação em que esses clubes se encontram. Aliás, eu não entendo porque os clubes grandes não fazem um esforço conjunto para reerguer estes clubes, só teríamos a ganhar com um Campeonato Carioca mais forte. Quantos grandes jogadores não foram revelados por esses times e depois fizeram sucesso nos 4 grandes?
          O futebol brasileiro perde muito quando clubes tradicionais como América, Bangú, Remo, Paysandu, Santa Cruz, CRB, ASA, ABC, América de Natal e outros, que com certeza esquecerei de citar, estão nessa situação lastimável.
          Sobre os dirigentes, vivo criticando neste blog os dirigentes esportivos do nosso país, principalmente no que trata da Copa do Mundo e das Olimpíadas.
          Se tivéssemos um futebol minimamente organizado, essa discussão de quem ganhou em 87 nunca ocorreria. E o pior é que esse foi só um episódio da desorganização do futebol brasileiro, nada mudou. Esse ano mesmo teve um problema na Série C, se não me engano, por desorganização.

          • edu says :

            Sem desmerecer o titulo da copa união ao flamengo, que foi conquistada no campo, esse torneio foi meio boca, porque no ano seguinte o flamengo e o inter não disputaram a libertadores, e sim foi SPORT E Guarani.INCLUSIVE NO SITE http://pt.wikipedia.org/wiki/Campeonato_Brasileiro_de_Futebol_de_1988 O sport e considerado campeão do ano 1987. pode checar. e o caMpeonato brasileiro foi novamente “organizado pela CBF”. Em 1987 a globo e os times eram inimigas DA CBF. Desde 1988 ate hoje TODAS são amigas intimas.

            • Rafael Leite says :

              Se a Copa União era meia-boca, o torneio da CBF era o que então? O torneio da CBF só tinha um campeão brasileiro disputando (Guarani – 78), tinha qualidade técnica completamente inferior a Copa União.
              O Flamengo e o Internacional não disputaram a Libertadores porque pela primeira e única vez na história os clubes tiveram a coragem de peitar a CBF e formar uma liga própria, independente.

  45. edu says :

    Eram meia boca sim, e so Peitaram somente um ano. Como inter e flamengo perderam grandes receitas em 1988, por não disputarem a libertadores no ano seguinte, hoje esses 13 times puxão um saco da CBF. Principalmente flamengo e corintians. .Olha o site do placar real, quem foi mas ajudado no campeonato brasileiro pela arbitragem.Eles tem um vantagem absurda sobre os times. Daqui um tempo o campeonato so vai ser disputado so pelos dois, e o campeonato brasileiro vai ficar igual ao espanhol, aonde so e disputado pelo Real e o barcelona. A globo que audiencia, fazer o que. Brasil não e serio. se voce olhar os campeonatos anteriores e posteriores a 1987 voce vai conferir que tinham times que eram pequenos que faziam frente a diversos times dos clubes dos 13. Antigamente nos anos 70 e 80 principalmente, os times pequenos tinham melhores jogadores do que diversos times grandiosos da primeira divisão de hoje. Para voce ter uma ideia o time do flamengo de 2009 e bastante inferior ao do Coritiba de 1985, ou do bahia 1989 ou do bangu vice em 1985 ou do america em 1986, e do guarani de 1986 e 1987.Voce assitiu a final de 1986. Guarani e são paulo fizeram um jogaço. Bangu e coritiba outro jogaço em 1985.Estou falando do flamengo de 2009. Eram jogos para 100.000 torcedores. que saudades desse tempo. hoje os jogos futebol são medonho.

    • Rafael Leite says :

      Como eu disse, foi a primeira e única vez que tiveram coragem para peitar, concordo nesse ponto.
      Sou contra essa espanholização do futebol brasileiro também.
      Daqui a uns 10 anos se o Fla e o Corinthians forem minimamente competentes seremos o Barça e o Real brasileiros e o futebol perde muito com isso.
      Sobre o Fla de 2009 ser inferior aos que você citou não posso comentar por não ter visto eles jogarem.
      Sobre 87, o CND deu o título para o Flamengo e era o órgão máximo do esporte do Brasil, logo o único com validade para determinar o título.

  46. edu says :

    Em 1987 a CBF vivia problemas financeiros e administrativos. Então em junho de 1987, Octávio Pinto Guimarães, presidente da entidade, anunciou publicamente via imprensa que a CBF não tinha condições de organizar o Campeonato Brasileiro daquele ano. Notícia que em seguida foi confirmada também pelo seu vice-presidente Nabi Abi Chedid que além de confirmar a situação deu todo o aval [21] para que o presidente do São Paulo F.C., na época Carlos Miguel Aidar, tomasse a iniciativa de convencer os principais clubes do Brasil a fundarem uma associação que os representassem e que tivesse como primeiro objetivo a organização do Campeonato Brasileiro de 1987.[22]

    Na manhã de sábado, dia 4 de julho de 1987, no Morumbi foi fundada a “União dos Grandes Clubes do Futebol Brasileiro – Clube dos Treze” que reunia os representantes dos treze principais clubes de futebol do país na época. Os membros fundadores da associação foram os quatro grandes de São Paulo: Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos; os quatro grandes do Rio de Janeiro: Flamengo, Vasco da Gama, Fluminense, Botafogo; os dois grandes de Minas Gerais: Atlético Mineiro e Cruzeiro; os dois maiores do Rio Grande do Sul: Internacional e Grêmio e também o Bahia que de acordo com um levantamento feito pelo Jornal do Brasil representavam juntos na época 95% de todas as torcidas do futebol brasileiro [23]. E de acordo com o ranking da CBF, eram os treze primeiros clubes catalogados pela classificação da entidade.[24] O idealizador do evento, Carlos Miguel Aidar, foi eleito também o presidente da nova entidade, permanecendo no cargo até abril de 1990. Assim, o Clube dos 13 organizou a Copa União, que representaria o Campeonato Brasileiro daquele ano.[carece de fontes] A criação da Copa União surgiu após uma conciliação entre a CBF e o Clube dos 13, já que uma desobediência à entidade poderia provocar reações da FIFA.

    A única exigência da CBF para a realização da Copa União pelo Clube dos 13 era que se incluísse pelo menos mais três clubes de Estados diferentes. Cumprindo a exigência da CBF foram convidados mais três clubes: Coritiba, Santa Cruz e Goiás que na época em suas respectivas regiões tinham melhor desempenho em campeonatos nacionais e também eram os mais populares formando assim um total de 16 participantes: 14 deles classificados à série A de 1987 de acordo com o regulamento de 1986, e 2 que haviam sido rebaixados (Botafogo e Coritiba). Não houve critérios técnicos para a escolha dos outros três participantes e em contrapartida, deixaram de fora o Guarani-SP, e o América-RJ, respectivamente vice-campeão e 4ª colocado do ano anterior, ainda assim a CBF não fez qualquer objeção quanto a isso, pois excluir da disputa da competição do Campeonato Brasileiro os clubes com colocações regulares no campeonato anterior não seria uma prática exclusiva do Clube dos 13. Por diversas vezes, a própria CBF promoveu novamente clubes rebaixados, rebaixou clubes que não tinham caído para a Segunda Divisão e já havia usado até a melhor média de público como critério de classificação (sempre com o mesmo intuito de beneficiar os grandes clubes). Em outras oportunidades também a CBF não promoveu clubes que venciam a Segunda Divisão (como no caso do Villa Nova-MG campeão em 1971 não ter ido para a elite do futebol em 1972, o Sampaio Corrêa-MA em 73 e a Juventus-SP em 84).

    A idéia da Copa União era de diminuir os prejuízos obtidos nos jogos sem importância contra clubes menores, pois como a CBF havia desistido de organizar o campeonato alegando falta de recursos para arcar com as despesas, então “quem pagaria a conta desses jogos menores seriam os grandes clubes”, por isso, a solução alegada pelos maiores clubes do país foi de selecionar os competidores conforme a tradição e popularidade que esses clubes tinham a nível nacional [25].

    Em 1986 a CBF não realizou a Segunda Divisão, os clubes da Série B disputaram o mesmo campeonato com os clubes da Série A. O campeonato nacional de 1986 ficou marcado por ser um dos mais desorganizados de todos, contou com a participação de 80 clubes e ficou meio confuso distinguir quem estava na primeira divisão ou não no ano seguinte. O Conselho Nacional de Desportos e a CBF decidem que os 28 melhores colocados da Copa Brasil de 1986 disputariam a primeira divisão do ano seguinte. O CND como maior instância esportiva na época, era também a maior autoridade no Futebol, [26]. não tinha apenas função normativa, mas disciplinadora e reguladora de todos os esportes. Tinha poderes plenos para fazer intervenções no Campeonato Brasileiro de Futebol, revogar determinações da CBF, contrariar a entidade e decidir questões controversas envolvendo o desporto nacional, conforme o art. 41 da Lei 6.251/75. Em 1986, o CND, desfavorecendo a CBF, deu o ganho dos pontos em favor do Joinville na partida em que seu adversário, o Sergipe, teria disputado com um jogador dopado no empate de 1×1, o que obrigou a CBF a procurar outra solução para o caso, que foi de incluir mais três clubes já eliminados, já que essa resolução deixaria o Vasco fora da competição. Clubes que historicamente tinham um retrospecto regular na competição como Botafogo e Coritiba (campeão nacional de 1985) ficariam de fora dessa lista para o ano seguinte, mas se sentido prejudicados com o “inchaço” do campeonato entraram com um processo na Justiça Comum.[21]

    Até 1986 ainda não existia o sistema de rebaixamento, esse critério só foi adotado, na prática por imposição da FIFA,[27] a partir da Copa União de 1988 (que foi vencida pelo Bahia), o único critério válido para se classificar para o campeonato nacional da primeira divisão, até então, era obtendo as primeiras colocações nos campeonatos estaduais (portanto era possível que o vice-campeão ou o 4ª colocado não disputasse o campeonato da 1ª divisão no ano seguinte). No entanto, o regulamento do Campeonato Brasileiro de Futebol de 1986 estabelecia que a primeira divisão do ano seguinte seria formada por 28 equipes: os 36 times que participaram da segunda fase menos os 2 últimos de cada um dos 4 grupos.[28][29] Se a versão final do regulamento de 1986 tivesse sido seguida, a primeira divisão em 1987 teria sido composta pelos seguintes clubes: Atlético-GO, Atlético-MG, Atlético-PR, América-RJ, Bahia, Bangu, Ceará, Corinthians, Criciúma, Cruzeiro, CSA, Goiás, Grêmio, Guarani, Flamengo, Fluminense, Internacional-RS, Internacional-SP, Joinville, Náutico, Palmeiras, Portuguesa, Rio Branco-ES, Santa Cruz, Santos, São Paulo, Treze e Vasco da Gama.[28]

    Para prestigiar seus compromissos políticos com as demais federações nacionais em 1987[21], a CBF organizaria dois campeonatos que foram nomeados por módulos: “Amarelo” — considerado por vários órgãos de imprensa a Segunda Divisão — que seria formado pelas 14 equipes que ficaram fora da competição do Clube dos 13 mais Sport e Vitória, rebaixados em 1986[29]; e os módulos “Azul” e “Branco” — considerados por vários órgãos de imprensa a Terceira Divisão — que representariam a Segunda Divisão. Nos módulos “Azul” e “Branco” classificariam-se 12 equipes para a Segunda Divisão de 1988. Porém, esta suposta edição da Série C não passou a ser reconhecida pela própria CBF como a Terceira Divisão do Brasileirão. [30] A Segunda Divisão que desde 1971 já havia se chamado de “Taça de Prata” e de “Taça CBF”, dessa vez foi batizada de “Roberto Gomes Pedrosa”. Quando a CBF decidiu criar o chamado Módulo Amarelo em 87, a Confederação usou como critério a participação dos clubes de menor expressão que se classificaram entre os 28 da Copa Brasil de 1986 que não estavam disputando a Copa União, mas na hora de fazer a seleção faltou com o critério quando deixou de incluir a Ponte Preta em favor do Sport e do Vitória que participaram apenas como convidados.[31].

    Mais adiante a Confederação passou a temer que os clubes de repente passassem a acreditar que ela não fosse mais útil. O que na prática ficou comprovado.[21] Quando tudo parecia resolvido, apareceu outro problema.[32]. A CBF que já estava pressionada politicamente ficou ambicionada pelo enorme sucesso comercial da competição organizada pelo Clube dos 13 e se arrependeu de ter renunciada a responsabilidade de organizar a competição.[33]. Quando o campeonato já estava acontecendo, a CBF voltou atrás e quis mudar o regulamento em vigor da Copa União que já estava em disputa. Para isso, a entidade decidiu incluir de alguma forma na competição os 16 clubes do qual ela chamou de “Módulo Amarelo”.[21][34][35]. No dia 4 de setembro de 1987, ou seja, sete dias antes do início da “Copa União”, foi divulgado um comunicado pela CBF determinando um quadrangular no início de 1988 entre os dois primeiros colocados dos Módulos Verde e Amarelo para definir os representantes brasileiros na Libertadores.[11][12]. O regulamento do campeonato foi definido pela CBF meia hora depois do início do jogo inaugural: Palmeiras 2 x 0 Cruzeiro[36] 11/09/1987[13]Jogo antecipado por causa da TV no mesmo dia do jogo[37]

    Para conciliar os interesses da CBF com o Clube dos 13, a Copa União passaria a se chamar “Módulo Verde” e, a princípio, esses clubes do chamado “Módulo Amarelo” que disputavam um campeonato paralelo à Copa União seriam, para o Clube dos 13 e grande parte da imprensa esportiva, apenas a segunda divisão do Brasileirão daquele ano, porém, no final deveria haver um cruzamento entre os campeões e vices de ambos os campeonatos para decidir apenas quem seriam os dois representantes do Brasil que disputariam a Taça Libertadores da América no ano seguinte.[38] No entanto, a fórmula de disputa não foi aceita pelos clubes do Módulo Amarelo, que queriam que o campeão brasileiro também fosse definido no tal cruzamento.[39] O presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Fred de Oliveira, chegou a declarar que os times do módulo amarelo “não entrarão em campo até que se defina o cruzamento dos módulos ainda em 1987″.[39]Mesmo assim, uma versão preliminar do regulamento foi definida unilateralmente no dia 9 de setembro em reunião do Clube dos 13 no Hotel Transamérica, São Paulo.[39] Tal regulamento previa o cruzamento entre os módulos somente para definir os representantes brasileiros na Libertadores 1988. Ainda que aparentemente fosse algo absurdo, não houve qualquer relutância quanto a essa proposta e o impasse se deu como resolvido. Mas em seguida a CBF muda seu discurso e a partir da quinta rodada deixa de considerar a Copa União como o Brasileirão, passando a considerar também o “Módulo Amarelo” como primeira divisão juntamente com a Copa União (chamada pela CBF de “Módulo Verde”).[40]. A mudança do regulamento proposta pela CBF seria de que nesse cruzamento entre os campeões e vices dessas duas divisões também fosse decidido quem era o Campeão Brasileiro de 1987. Porém, não houve o acordo e obviamente isso acabou gerando uma grande polêmica.[21] Há ainda um regulamento do Clube dos 13, não oficializado pela CBF, datado de 6 de agosto e outro com a versão final do regulamento, oficializada pela CBF e divulgada somente no dia 1º de outubro (com o campeonato já em curso) sem a aprovação do Clube dos 13 e dos clubes do módulo Verde, estabelecendo que o campeão também seria decidido no quadrangular, a ser disputado em janeiro de 1988.

    Eurico Miranda, vice-presidente de futebol do Vasco da Gama (na época) teria dado motivo para a confusão assinando em nome da associação um documento que previa o cruzamento proposto pela CBF quando ficou como interlocutor do Clube dos 13 na entidade, no entanto, o Clube dos 13 só tomaria conhecimento da notícia via imprensa no dia seguinte.[carece de fontes] Ainda assim, nunca houvera o entendimento entre as duas partes: o Clube dos 13 e os demais representantes dos clubes em disputa da Copa União jamais reconheceram ou assinaram qualquer documento aceitando a alteração do regulamento que foi proposto pela confederação do qual obrigava o cruzamento entre os participantes dos dois módulos, [21][41]bem como os clubes do Módulo Amarelo, ainda antes do início da competição,[42] sempre posicionaram-se explicitamente contra o não cruzamento dos grupos e, posteriormente, exigiram também que o campeão (e não apenas os representantes brasileiros na Libertadores 1988) fosse definido no quadrangular.[39] Segundo Eurico Miranda, representante do Clube dos 13 na época, o mesmo assinou um acordo para que houvesse a competição, e o que foi assinado, foi em conjunto com os membros do Clube dos 13, de acordo com o que foi o regulamento da CBF. Resumindo, o Eurico Miranda representante vascaíno no recém-criado Clube dos 13, foi enviado como representante da entidade para uma reunião com a CBF[43], confirmou ter assinado o acordo para que houvesse a competição, embora o Clube dos 13 não tenha aceitado tal cruzamento[44][11]

    O Módulo Amarelo era composto pelos seguintes clubes : América-RJ, Atlético-PR, Atlético-GO, Bangu-RJ, Ceará-CE, Criciúma-SC, CSA-AL, Guarani-SP, Internacional-SP, Joinville-SC, Náutico-PE, Portuguesa-SP, Rio Branco-ES, Sport-PE, Treze-PB e Vitória-BA. Como forma de protesto, o América decidiu boicotar o campeonato organizado pela CBF, deixando de comparecer aos jogos e perdendo todos por WO, pois estava ciente de que os participantes da Copa União nunca iriam reconhecer o Módulo Amarelo como primeira divisão, e por isso, jamais iriam ceder ao cruzamento entre os dois módulos. Além disso, vários órgãos de imprensa do país, independentemente da posição da CBF, consideravam o Módulo Verde a verdadeira primeira divisão.[45] [46] [47] A CBF organizou ainda outros dois módulos: Azul e Branco, que classificavam 12 equipes para a segunda divisão de 1988.

    Ironicamente o regulamento imposto pela CBF que previa o cruzamento entre os campeões e vice de cada módulo, no entanto, se tornaria inviável no final das contas[carece de fontes], pois no Módulo Amarelo não ficou definido quem era o vice, os finalistas Sport e Guarani após uma prorrogação empataram nos pênaltis em 11 x 11 e dividiram o título em um acordo entre eles,[48] e para não contrariar o regulamento, sob risco de punição por parte da CBF,[49] o Guarani se dispôs a abdicar do título do módulo Amarelo. Segundo decisão de primeira instância da 10ª Vara Federal da Seção Judiciária de Pernambuco, a CBF, de posse do regulamento e critérios de desempate, declarou o Sport campeão com base na sua melhor campanha.[50] Já os jornais Diario de Pernambuco e Jornal do Commercio informam que no dia 22 de janeiro de 1988 o Guarani abriu mão do título.[28][51] A Copa União de 87 organizada pelo Clube dos 13 foi recorde de audiência e teve público médio de 20.877 pagantes, o segundo maior da história do campeonato nacional.[21]

    Em dezembro de 1987, a CBF anunciou a tabela deste quadrangular, que seria disputado em turno e returno. Em 14 de janeiro de 1988, a 10ª Vara da Justiça Federal da Secção Judiciária de Pernambuco acatou uma ação cautelar movida pelo Sport para garantir o cumprimento da resolução nº 16/86, do CND, que estabelecia, em seu artigo 5º, que qualquer decisão tomada no Conselho Arbitral, convocado pelo Flamengo, só seria válida em caso de unanimidade.[51] Na data seguinte, 29 dos 32 clubes dos módulos Verde e Amarelo compareceram ao Conselho Arbitral. Segundo reportagem do Jornal do Brasil, Sport, Guarani, Náutico, Criciúma, Joinville, CSA e Treze votaram pela manutenção do cruzamento.[52] Já de acordo com artigo do Diario de Pernambuco, apenas Sport, Guarani, Náutico, Fluminense e Vasco foram a favor do quadrangular.[51] Mesmo sem haver unanimidade, o CND foi contra o cruzamento, contrariando a própria resolução da entidade.[51] Alegando que o regulamento foi alterado à revelia do Clube dos 13, Flamengo e Internacional-RS com o apoio do Clube dos 13 e de Carlos Miguel Aidar, se recusaram a disputar o cruzamento imposto pela CBF. Não foi uma simples escolha de Flamengo e Internacional, mas o cumprimento de uma determinação do Clube dos 13 e do regulamento da Copa União que fora criado pela mesma entidade. Logo, quaisquer dos clubes que chegassem à finalíssima deveriam fazer o mesmo.[53]. No dia 29 de janeiro de 1988, a CBF realizou uma reunião em sua própria sede, com presidentes de quase todas as federações (apenas Fred de Oliveira-PE e Rubens Hoffmeister-RS não compareceram) para examinar as contas da CBF e tentar estabelecer uma punição para Flamengo e Internacional por não jogarem o quadrangular.[54][55][56] Sob protestos da torcida flamenguista, acampada na frente do prédio da CBF, a entidade recebeu voto de confiança de todos os presentes “por ter exigido o respeito ao regulamento do Campeonato Brasileiro”.[56] No mesmo dia, o Clube de Regatas Flamengo entrou com um recurso na Justiça comum pedindo para não ser obrigado a jogar o cruzamento. O time carioca teve o pedido acatado pela juíza Tânia de Melo Bastos, da 1ª Vara Federal do Rio de Janeiro.[56] A CBF então ameaçou punir o time carioca não mais por deixar de disputar o quadrangular (afinal o time estava respaldado judicialmente), mas por ingressar na justiça comum,[55] assim como o Sport.

    Com isso Sport e Guarani disputaram o quadrangular, vencendo os jogos contra Flamengo e Internacional por WO. A CBF declarou o Sport como Campeão Brasileiro de 1987, enquanto o Clube dos 13[57][58][59][60], o Conselho Arbitral e o CND fez o mesmo com o Flamengo.

    A CBF proclamou Sport e Guarani, respectivamente campeão e vice daquele ano,[61] como representantes do Brasil na Taça Libertadores da América. Tendo o caso sido levado até a justiça comum, esta, transitada em julgado ao Sport Club do Recife. Ou seja, a senteça se tornou permanente para os fatos alegados e provados em juízo durante o processo. Porém, como é é uma figura de segurança jurídica e diante de novos fatos a parte contrária pode questionar o transitado em julgado.[62][63]

    Porém, tanto a própria CBF quanto a FIFA podem, caso assim decidam, tomar ações contra os clubes que recorrem à Justiça Comum. A FIFA não interfere julgando ou determinando os títulos de qualquer clube de qualquer país que seja [64], mas ela também não considera que a Justiça Comum seja um órgão competente para julgar causas esportivas e costuma punir os clubes que acionam a mesma [65] [66] Porém, mesmo com o pedido do Flamengo à FIFA de intervenção no caso e de punição ao Sport-PE, a FIFA optou por não se envolver no caso e não punir o Sport-PE.[67][68]

    No ano seguinte, a CBF retoma a responsabilidade de organizar o Campeonato Brasileiro com os principais clubes do país que viria a ser chamando novamente de Copa União, mantendo assim, o mesmo nome da competição que foi realizada pelo Clube dos 13. Em 2000, novamente o Campeonato Brasileiro é organizado pelo Clube dos 13. Torneio que ficou conhecido como Copa João Havelange.

    No dia 21 de fevereiro de 2011 a CBF decide, enfim, acabar com a polêmica declarando Flamengo e Sport como campeões de 1987 tendo como vice-campeões, respectivamente, Internacional e Guarani[69]. Entretanto esse reconhecimento não ocorreu por motivos técnicos. Parte importante da imprensa esportiva atuante em 2011 atribui esse reconhecimento da CBF à interesses e manobras políticas com a finalidade de enfraquecer o Clube dos 13 que estava em vias de organizar um novo processo de concorrência para a cessão de direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro de Futebol[70] Essa parte da imprensa nunca questionou a legitimidade do título do Flamengo em 1987, mas sim o reconhecimento pela CBF do título apenas em 2011.

    No dia 14 de junho de 2011 a CBF acata a decisão da 10ª Vara da Justiça Federal de Primeira Instância da Seção Judiciária de Pernambuco e revoga a resolução que também daria o título ao Flamengo, assim sendo o Sport Club do Recife volta a ser reconhecido como único campeão brasileiro de futebol de 1987.[71] O clube carioca ainda pode recorrer e afirmou que irá fazê-lo.[72].

    No dia 29 de novembro a justiça de Pernambuco, em segunda instância nega o recurso do Flamengo.O clube afirma que vai recorrer ao STJ.[73]

  47. EDU says :

    SE NÃO TIVESSE ESSE ENROLO EM 1987, POR CAPACIDADE TECNICA DOS TIMES REFERENTE A 1986 O CAMPEONATO BRASILEIRO DE 1987 SERIA DISPUATADA POR ESTES TIMES , a primeira divisão em 1987 teria sido composta pelos seguintes clubes: Atlético-GO, Atlético-MG, Atlético-PR, América-RJ, Bahia, Bangu, Ceará, Corinthians, Criciúma, Cruzeiro, CSA, Goiás, Grêmio, Guarani, Flamengo, Fluminense, Internacional-RS, Internacional-SP, Joinville, Náutico, Palmeiras, Portuguesa, Rio Branco-ES, Santa Cruz, Santos, São Paulo, Treze e Vasco da Gama. e MUITO RELEVANTE ISSO, POR ISSO O CAMPEONATO FOI FEITO A MEIA BOCA, CONFORME INTERESSE DA TELEVISÃO NA EPOCA.

  48. EDU says :

    Como visto acima o Sport e guarani tem todo o direito de serem chamados de campeão e vice respectivamente em 1987, com toda a bagunça causada pelA ENTIDADE MAXIMA , clubes e tv. deu no que deu. A Minha opinião é cada um no seu quadrado. Ninguem pode ser considerado campeão brasileiro em 1987. os dois times Tem que ser considerado campeão do modulo verde(flamengo) e campeão do modulo amarelo(sport). Opinião minha. ja que santos, palmeiras e outros tiveram titulos reconhecidos pela brincalhona cbf, para mim e tudo brincadeira de mal gosto. Mas tudo bem. cada tem sua opinião, e ninguem vai morrer por isso (eu acho). Esse titulo de 1987 vai ficar enrolando ate final da vida de todo mundo ponto final.

    • Rafael Leite says :

      Eu até aceito que os dois sejam considerados campeões de 87, mas para mim só o Flamengo foi campeão, pois era a “primeira divisão”.
      Sobre os títulos de canetada da CBF é simplesmente ridículo. Não era Campeonato Brasileiro, eram outros torneios, importantes sim, mas não era Brasileirão.

  49. Rafael Leite says :

    33 – não havia rebaixamento, está provado com documentos.
    81 – o choro é livre, se aquele carrinho não é para vermelho, não sei mais o que é.
    2002 – se o dono da assinatura disse que era dele, como seria falsificada?
    2009 – roubado por que mesmo?

  50. Rafael Leite says :

    Claro, os árbitros só erram a favor do Flamengo, levantamento ridículo.
    Se você quiser fazer um levantamento que diga que o Náutico ou até o Cruzeiro tivesse sido rebaixado dava para fazer, basta escolher as partidas em que tiveram erros a favor dele e contra os outros que terá esse valor final.

  51. CLAUDIO says :

    Rafael leite n perca seu tempo amigo discutindo com essa tuminha rebaixada aqui do rio ,o mengão nunca caiu, o resto papo furado de recalcado. Os idiotas n tem argumento inventam todo tipo de cascata pra ver se cola . nao ha registro do flamengo ter sido rebaixado em lugar nenhum da midia em jornais serios . Isso pura pilha irritar a gente . Quem foi rebaixado foi vasco no carioca da 3 divisão de 1916 sem vencer uma partida sequer e tomar de 10 x1 do paladinho . ISSO E´TÃO VERDADEIRO QUE ESTA VARIOS BLOGS DO CLUBE E NA WKIPEDIA , ELES FORAM LANTERNA NA 3 DIVISÃO PIOR QUE ISSO IMPOSSIVEL . TODOS ELES E PRINCIPLAMENTE O VASCO N TEM COMPETENCIA PARA SUPERAR O FLAMENGO AI VÃO PARA INTERNET ESCREVENDO UMA PORÇÃO BOBAGEM . SAUDAÇOES RUBRO NEGRAS

    • Robert says :

      E vc. esqueça o Vasco, por favor…! Se preocupou de ir lá ver a história dele. Cuidado pra não virar casaca…! Outra coisa: aprenda a escrever ou faça uso do corretor ortográfico. Ou ainda: Leia o que escreveu antes de postar… [nota do Administrador: comentário moderado por conter ofensas a terceiros]…!!

  52. Max Fabricio says :

    O Clube de Regatas do Flamengo nunca foi rebaixado e, embora alguns não aceitam, foi o Campeão Brasileiro da primeira divisão de1987 e o Sport foi campeão da segunda divisão. Os dois times foram declarados campeões na época e até recentemente, menos por aqueles que entendem um pouco de futebol ou de qualquer competição esportiva, pois é inadmissível ser campeão quem não está apto para disputar a competição, na época o Sport não encontrava-se em condição de participar da primeira divisão e por isso disputou a segunda.

    • Márcio says :

      Pague a série B do Carioca, depois a gente conversa. Seu texto não pode ser considerado imparcial. Pseudo-jornalístico, baseado apenas em fontes pró-seu argumento. Faz a pesquisa direito, apresente também os argumentos contra e deixe as pessoas formarem sua decisão. Assim se faz pesquisa. E muda o título, porque começar qualquer trabalho de pesquisa, mesmo parcial, e concluir a palavra mengão já mostra que não é confiável.

      • Rafael Leite says :

        Vamos por partes:
        1 – isso é um blog, não tem em nenhum momento a intenção de ser imparcial;
        2 – não sou jornalista, nunca me apresentei como tal;
        3 – que tal você apresentar ARGUMENTOS contra? Essa postagem tem mais de um ano, já foi visualizada mais de 35 mil vezes e até agora ninguém apresentou nenhum tipo de comprovação (seja livro / documento / documentário / reportagem) de que eu esteja errado. Eu apresentei duas fontes fidedignas e neutras para provar o que ocorreu. Deixo aberto o espaço para todos provarem o contrário, só rejeito comentários com ofensas gratuitas neste blog.

  53. Tech says :

    Quem escreveu isso no mínimo é torcedor deste timinho, fora 33 houveram outras que não sei porque vc emitiu, para de onda e paguem as seríes “b” do carioquinha, sem fresura tá.

  54. fabio says :

    PRIMEIRO LEIA E DEPOIS , SE AINDA TIVER ALGUMA BESTEIRA PARA FALAR , QUE FALE , POIS NÃO NOS AFETA O QUE VOCÊS ( rivais ) FALAM .

  55. HIstoriador says :

    A verdade é Flamengo foi rebaixado pra segunda divisão profissional sim, como não tinha segunda divisão continuou na primeira.
    Outra a copa união não e campeonato brasileiro o nome já diz copa união.
    imagine Flamengo é botafogo e botafogo é Flamengo.Deus é o Diabo e o Diabo é deus.copa união vai ser pra sempre copa união e campeonato brasileiro vai sempre ser campeonato brasileiro, Deus vai ser sempre Deus e Diabo vai ser sempre Diabo , Flamengo vai sempre ser Flamengo e Botafogo vai ser sempre Botafogo.e ninguém vai mudar isso.
    Tem gente que tenta mudar os fotos com historinhas .

    • Rafael Leite says :

      Como pode haver rebaixamento sem segunda divisão? Então todo ano o Charlote Bobcats rebaixa na NBA?
      Sobre a Copa União não ser Campeonato Brasileiro por causa do nome diferente, sinto informar que o Campeonato Brasileiro já teve os seguintes nomes: Campeonato Nacional de Clubes (1971–1974), Copa Brasil (1975–1980), Taça de Ouro (1981–1983), Copa Brasil 1984–1986, Copa União (1987–1988), Campeonato Brasileiro da Série A (1989–1999), Copa João Havelange (2000), Campeonato Brasileiro da Série A (2001 – atual).
      Segundo sua teoria nunca tivemos campeão brasileiro, já que esse nunca foi o nome oficial ou, vai lá, só tivemos campeão brasileiro a partir de 89, excluindo o Vasco em 2000?
      Então o Bahia não foi campeão brasileiro em 88, já que o nome era Copa União?
      Fato esse que reforça o caráter de Campeonato Brasileiro da Copa União de 87.

      • HIstoriador says :

        Campeonato brasileiro é feito pela Cbf , não pelo club dos 13,esse campeonato foi a parte.Campeão Brasileiro de 87 é o Sport .Flamengo só seria campeão brasileiro se não tive tido o campeonato brasileiro feito pela cbf

      • HIstoriador says :

        Mas na Nba nunca teve segunda divisão.

        • Rafael Leite says :

          Nem no campeonato carioca profissional de futebol até aquele momento.

          • Marcelo says :

            Beleza Rafael, a respeito do rebaixamento de 1996, por favor re (leia) sobre o caso Ivens Mendes. Certamente vc conhece.

            • Rafael Leite says :

              Não conhecia o caso e não vejo motivo para cancelar rebaixamento por causa dele.
              Os times envolvidos estavam na parte de cima da tabela e não foi em jogos contra os rebaixados.
              Só acharam uma desculpa para virar a mesa.

              • Marcelo says :

                Rafael Leite, resumindo todos os comentários conclui-se que: Virada de mesa para os outros é uma vergonha, para o Flamengo não. Sair de uma liga após ter ficado em ultimo lugar é fugir do rebaixamento. Comparar o flamengo com clubes de tradição internacional NÃO LIMITADOS a uma única geração (Zico) é coisa de torcedor apaixonado e eu entendo. mas pare de insistir em CND cara. Em nenhum lugar do mundo jurídico consta que o fla foi campeão de 87, e citar jornalistas “renomados” é brincadeira né? jornalistas tendenciosos que criam a verdade que os convém. Nem no globo esporte. com consta seis títulos brasileiros. Pode por favor me explicar só isso? por que a globo retirou o titulo de 87 do flamengo? abraços!!!!

                • Rafael Leite says :

                  Pelo jeito você não leu o texto. O Flamengo saiu da liga amadora no começo do campeonato, não após ficar em último. Ficamos em último na liga profissional.

  56. Marcelo says :

    da pra vc avisar ao site da Globo que eles estão errados? http://futpedia.globo.com/flamengo

  57. Marcelo says :

    Rafael pelo jeito você não leu o texto. Pode responder Á ÚNICA pergunta que te fiz? “por que a globo retirou o titulo de 87 do flamengo?” Só uma correção anterior não citada. Você em certa resposta criticou um vascaíno por usar a expressão “mulambo”, já que os vascaínos se orgulham de serem um clube que jamais viveu a mancha do racismo. Meu caro qual sua fonte para citar que “mulambo” é uma raça? racismo é ir contra uma raça, e mulambo meu caro, não é raça, é no máximo uma desgraça, abraços!!!!

    • Rafael Leite says :

      Não sabia que a Globo agora reconhece título de futebol. Não respondi por não considerar relevante.
      Mulambo é uma expressão utilizada na época da escravidão para humilhar os escravos da época.

      • Marcelo says :

        KKKKKK Só rindo mesmo, afinal de contas você utiliza como argumentos e fontes brilhantes jornalistas conceituados e renomados (conforme você mesmo diz) e agora acha irrelevante que a Globo depois de estampar durante mais de uma década a “informação” de que o flamengo tinha seis títulos, resolveu, a cerca de três anos aproximadamente, corrigir a informação incorreta quanto aos seis títulos. Mulambo significa apenas pessoa mal vestida amigo Rafael, na Angola antiga os escravos eram chamados de mulambos não por serem negros ou até mesmo escravos, e sim por estarem sempre (obviamente) mal trapilhos. Quando a torcida do Vasco os chama de mulambo está apenas e tão somente chamando-os de mal vestidos, perdoe, achamos as cores do seu clube horríveis, de um mal gosto absurdamente intragável. Por isso chamamos vocês de mulambos, sem nenhuma conotação racista, apenas estética e eu só não acrescento higiênica por que você tem muita boa vontade em explicar o inexplicável. 5 títulos e nenhuma fonte ATUAL OFICIAL que mostre o contrário. Ah claro, você poderia citar que os jornalistas sérios creditam ao seu clube o titulo de 87, mas isso é irrelevante na sua opinião agora né? a maioria é da Globo, rsrsr abraços!!!!

        • Rafael Leite says :

          E desde quando a Globo faz jornalismo sério? A própria Globo transmitiu o título do Flamengo na época e disse que o era campeão brasileiro na época. Se mudou de opinião vinte anos depois, você considera isso seriedade?

          • Marcelo says :

            Eu não uso a Globo como fonte de nada mas tenho 43 anos e vi ao longo deste tempo todo a Globo bancando informações errôneas como se fossem fatos concretos e maior deles esportivamente falando, Rafael, é que o flamengo é o mais querido, tem 40 milhões de torcedores, que quando o flamengo chega ninguém segura, o tri em dois anos, o hexa que nunca foi hexa etc. Frases feitas por jornalistas da Globo e repetidas exaustivamente por uma massa que via na mídia a reprodução dos seus supostos anseios. Historicamente nem popular o flamengo era. O clube das massas sempre foi o vasco, isso é incontestável. Os anos de chumbo com o Eurico (que foram apenas uma resposta aos anos de chumbo com Marcio Braga, George Helal das papeletas amarelas) foram execrados pela Globo, colocaram o vasco como as forças do mal, quando na verdade eram apenas uma resposta a altura de décadas e décadas de falcatruas da dupla fla-flu. Era impossível vence-los com um time melhor. Tinha que ser muito melhor para ter chances devido aos roubos nos tapetões. Não sei sua idade mas considerando que não tenha visto boa parte do futebol do final dos 70 ao final dos 80, tudo que você le, diverge do que você viveu, assim como eu não posso falar dos anos 60 pra tras, nossas fontes são suspeitas, jornalismo no Brasil é meio que apenas jogo de interesses, o pessoal da ESPN por exemplo só sentou o pau na CBF quando a Globo os exigiu fora da panela da cobertura da seleção. É muito mais ranço que critica séria o que eles fazem. Hoje a Globo tenta mudar a imagem mas não consegue. O fato que não da pra discutir e você nunca ira concordar é que NÃO HÁ FONTE OFICIAL QUE DIGA QUE O FLAMENGO É CAMPEÃO DE 1987. Cite uma fonte (CBF, Fifa, STJD, etc). Ser considerado é uma coisa, ser campeão é outra. Por mais que o regulamento seja idiota, forjado, mudado, o flamengo deve se submeter a ele. Se era contra devia ter se retirado do campeonato. A CBF assumiu o campeonato depois então quando houve os jogos entre flamengo e inter já era um campeonato da CBF e ponto final.
            Mas não vou mais debater, não precisamos. Vc já sabe que é penta mas se admitir parece que isso se tornara uma verdade que vc ao negar parece conseguir mudar. Mas não mudará, nós dois sabemos disso. e todo torcedor do seu time consciente também sabe. Ainda bem que meu time não deve nada a ninguém em relação a títulos e antes de falar de 2000 lembre-se que em são januario ninguém morreu e o jogo parou por força da Globo e do Governador garotinho. Em 92 Alguns torcedores morreram e o jogo continuou lindamente como se nada tivesse acontecido, e depois somos ´nós que os tratamos como mulambos???? vai entender, rsrsrs

            • Rafael Leite says :

              Que tal o site da Fifa?http://www.fifa.com/classicfootball/clubs/club=44132/index.html
              Você demonstra uma imensa falta de conhecimento, o campeonato especial de 79 foi realizado por determinação da CBD, para incluir mais clubes do extinto campeonato Fluminense. Este foi o primeiro ano do estadual com clubes de fora da cidade do Rio de Janeiro, devido a fusão dos estados realizada em 75.
              Dizer que o Flamengo não era popular é uma tremenda falta de conhecimento também. Recomendo a leitura do livro “A Nação – Como e por que o Flamengo se tornou o clube com a maior torcida do Brasil”, de Marcel Pereira, da editora Maquinária. Desde 1934, o jornalista Mário Filho já tentava entender o tamanho do Flamengo no livro Histórias do Flamengo.
              “Ninguém discute que o Flamengo seja o clube mais popular do Brasil. Quem é Flamengo prefere dizer o mais querido. Está certo: escolhe-se um clube como se escolhe uma mulher. Para toda a vida ou até que Deus separe. É mais difícil deixar de amar a um clube do que a uma mulher. Qualquer um de nós conhece mais bígamos ou polígamos do que torcedores que mudaram de clube. Ou que o traíram, mesmo que em pensamento. Talvez porque um clube nunca se entrega a um torcedor. O torcedor é que se entrega ao clube ou ao amor por ele. Também pode ser porque o sex appeal do clube não se desgasta com os anos. Daí que exista um amor como de lua de mel: violento, absorvente, exaustivo.”
              O jornalista que leva o nome do Maracanã tem credibilidade para você?

              • Marcelo says :

                A diferença é imensa mesmo de conhecimento. Você le na internet, eu vi as coisas acontecerem. Simples assim. O Jornalista Mário Filho era mais torcedor do que jornalista. Ary barroso, Valdir Amaral, todos clássicos em alardear sua paixão pelo seu time. É exatamente disso que to falando, imprensa cria o flamengo e ai ele se torna popular. Se dependesse do flamengo, a maior parte de sua torcida sequer poderia praticar o esporte e nem teríamos o Pele, Robinho, Neymar, Romário, Ronaldos, etc. O Flamengo simplesmente exigiu a expulsão dos negros e pobres operários do vasco e os mesmo só não foram banidos porque o clube realmente popular os bancou. Foi campeão no primeiro ano que disputou a serie a, foi expulso no segundo ano com desculpa de que não tinha estádio, e depois construiu o MAIOR ESTADIO DA AMERICA LATINA com recursos próprios. Agora pega um jornal e começa a repetir que o mengão é povão amigo, que as crianças vao repetir isso também logo logo. massificação, alienação, conceitos da filosofia alemã da escola de Frankfurt. Um dia você talvez entenda isso quem sabe. Nome de estádio da credibilidade a alguém? kkkkkkk Não preciso citar os imbecis que nomeiam estádios pra vc ne? Quanto ao site da Fifa, basta você aguardar uma atualização para ver a correção de 6 para 5 títulos. Curiosamente a pagina do Corinthians esta atualizada e do vasco e do flamengo não. Na do vasco não citam título de 2011 da copa do Brasil e na do flamengo não corrigiram os brasileiros, simples assim, ISSO TE PROVA QUE NÃO É FONTE CONFIAVEL? Se errou nos títulos do vasco como posso levar a serio os títulos do seu clube?

                http://www.fifa.com/classicfootball/clubs/club=1882504/

  58. PraSempreFla says :

    Se caiu no “carioquinha de 1933″, muito me importa. Deixem os torcedorezinhos de times de fato OFICIALMENTE REBAIXADOS como FlorminenC, Vascocô e Bostachoro viverem nessa ilusão. E tem nego aí que já caiu até pra série C do principal campeonato nacional e voltou graças à virada de mesa. Esse ano será a vez dos Bambis, se Deus quiser.

  59. cleiton says :

    o Vasco para chegar na elite teve que joga campeonato mas fraco

    • Rafael Leite says :

      Sim, mas foi na época do futebol amador.
      Em 33, só seis clubes optaram pelo profissionalismo, disputando a liga profissional.
      Em 34, o São Cristóvão se profissionalizou, passando também a participar da liga profissional.

    • dj says :

      O flamengo nem disputou campeonato algum entrou na elite direto.
      se vc não sabe o Vasco foi expulsos da federação da época pelos times dos ricos da zona sul por aceitar negros, e não ter estadio .

      • Rafael Leite says :

        Você deve estar se referindo então a 1912 e não a 1933. Nunca parei para estudar o campeonato de 1912 para saber o motivo da entrada já na elite. Não sei dizer se já existia segunda divisão nem quais eram os moldes da mesma. Quando tiver tempo vou dar uma pesquisada melhor sobre o assunto, quem sabe não rende uma postagem aqui no blog?
        Sobre o Vasco ter dado espaço aos negros no futebol, isso se deu posteriormente a entrada do Flamengo no futebol, se não me engano já no final da década de 10 ou no começo da década de 20. Ou seja, a princípio são casos diferentes. Há de se destacar que o Vasco foi lanterna da terceira divisão quando estreou (me foge o ano agora), mas mesmo assim disputou a segunda divisão no outro ano. Me parece que naquela época não existiam divisões inferiores, mas subligas, fazendo com que o critério não fosse necessariamente técnico no que se refere a disputa ou não da primeira divisão, mais ou menos nos moldes do que ocorre hoje no basquete ou no vôlei brasileiro.

        • dj says :

          Rafael só estou respondendo ao usuário Cleiton que falou que o vasco pra chegar a elite disputou campeonato franco.

        • decio rocha says :

          RAFAEL O PRIMEIRO TIME DO FLAMENGO QUE DISPUTOU O CARIOCA DE 1912 ERA O TIME DO FLUMINENSE CAMPEÃO DE 1911, ISTO PORQUE OS JOGADORES DO FLUMINENSE REMAVAM PARA O FLAMENGO, QUE EM 1911 NÃO TINHA DEPARTAMENTO DE FUTEBOL; AI O FUTEBOL FOI CRIADO NO FLAMENGO A PARTIR DE 1912, E ELE DISPUTOU O CAMPEONATO CONTRA FLUMINENSE, AMERICA, BANGU E SÃO CRISTOVÃO E OUTROS TIMES MENOS CONHECIDOS, SEM NECESSIDADE DE DIVISÃO DE ACESSO, E O CAMPEÃO DE 1912 FOI O PAYSANDU CRICKET CLUB; HOUVE OUTRO CAMPEONATO EM 1912 DE OUTRA LIGA CARIOCA E O CAMPEÃO FOI O BOTAFOGO.

  60. PraSempreFla says :

    Pela terceirona do carioca, Paládio 10 x 1 Vice da Lama.

  61. Vinicius says :

    o que da mais raiva é o pessoal ler o texto e continuar falando asneiras ou porque é burro ou porque é anti mesmo o flamengo nucna foi rebaixado! ja terminou em ultimo lugar de uma competição que buscava profissionalização e simplesmente convidava os clubes a participar quase sem compromisso nenhum e pra ocmeçar isso ai nem é campeonato carioca é outra liga individual cara, da dó de ver cara com tanta inveja do flamengo e ver que muitos torcem pra corinthains (legitimo rebaixado) e vasco(outro pior ainda) gremio botafogo fluminenC e outras porcarias por ai , aconselho a antes de querer tentar zuar a historia dos outros clubes veja se a sua é melhor e mesmo considerando por exemplo o santos maior que o flamengo em titulos e o fato de nunca ter sido rebaixado nao vejo muitos torcedores do santos virem aki falar alguma coisa do mengão porque sempre mantemos uma boa relação com times verdadeirametne grandes, SRN.

  62. Leleu says :

    Esclarecimento para a galera. Esse papo de que não existia rebaixamento antes de 1981 é balela. Pegando o Fluminense como exemplo, em 1921 ele terminou na última colocação e o regulamento previa que para ser rebaixado deveria jogar com o campeão da segunda divisão. Esse jogo aconteceu e o Fluminense ganhou de 3 x 1 do Villa Isabel permanecendo na primeira. Já em 1933, o Flamengo ficou na última colocação e deveria ter jogado a série B de 34, mas houve a famosa “virada de mesa”.

    Não adianta desrespeitar os livros e publicações sérias com blogs de torcedor tentando desvirtuar a história.

    • Rafael Leite says :

      Traga algum livro ou jornal que prove o contrário. Me baseei em um livro específico sobre a história do futebol carioca. Como já disse várias vezes, houve rebaixamentos esporádicos antes da década de 80, mas era a exceção e não a regra.

  63. Bruno Martin says :

    Resumindo…
    Flamengo não caiu, igualmente o Fluminense e Botafogo não caíram em 1921 e 1923 respectivamente. O negócio é que o Fluminense caiu para a serie C ganhou a mesma e pulou para a 1ª, sem disputar a serie B, estranho não…? KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  64. Rafael Henrique says :

    AI Bruno, como o Fluminense poderia jogar a B em 2000 se não existia divisões???
    A competição foi dividida em quatro módulos. Cada módulo teve um número diferente de participantes e também a sua fórmula de disputa. Os módulos foram divididos com base na divisão de escalão da edição anterior, porém foram compostos incluindo times de outras divisões, para que não representassem totalmente escalões inferiores, fazendo com que no ano de 2000 não existisse Séries A, B e C. A reunião dos 116 clubes formou uma única divisão e apesar de os módulos não terem o mesmo peso, todos eles faziam parte da Copa João Havelange.

    Lembrando que o Flu foi o terceiro colocado geral do azul que era um módulo teoricamente mais forte que o Amarelo que seria a “segunda divisão”

    Então se o Fluminense tem que pagar a B , o Flamengo idem em 1933

    • Rafael Leite says :

      Qual o critério então para definir quem estaria em cada módulo?
      Por que o São Raimundo que também havia conseguido a classificação para a Série B ter disputado o Módulo Amarelo enquanto o Fluminense disputou o Azul (que era sim a primeira divisão, mesmo que de maneira velada)?
      Porque o Juventude (que ficou em 19º em 99) disputou o Módulo Azul enquanto o Paraná (17º com média melhor que o Juventude nos 3 anos anteriores) disputou o Módulo Amarelo?
      Qual o critério para definir que o Fluminense deveria disputar o Módulo Azul enquanto outros clubes melhor posicionados em 99 ficaram no Amarelo? O critério foi meramente político, devido a importância do clube no futebol brasileiro.
      E como você explica o não-rebaixamento em 96?
      P.S.: tanto existiam divisões que o Módulo Azul foi usado como base para a formação da Série A em 2001, com a inclusão do Paraná, do Botafogo/SP e do São Caetano.

  65. Goléo says :

    Parabéns Rafael Leite pelas suas informações, esclarecimentos e principalmente pela sua paciência em responder a essa “cambada” que insiste em repetir a mesma ladainha sem pé nem cabeça acerca do campeonato carioca de 1933, sem fato ou documento que prove um suposto rebaixamento do Maior de todos. Mas agora temos que atualizar: O FlorminenC deve 3 séries “B”, contando com mais uma virada de mesa, a deste ano (2013)! O time que mais rasgou regulamentos no decorrer dos anos, agora virou um feroz defensor das normas! Porque o Cruzeiro só pagou multa e não perdou pontos por escalar jogador irregular? Porque o FlorminenC não perdeu os pontos e consequentemente o título de 2010 pela escalação irregular do jogador Tartá? Qual regulamento autoriza um time pular da série “C” para a série “A”? Desse jeito o time pó-de-arroz vai pedir música no fantástico pela trinca de viradas de mesas…. Abraços!

  66. Marcelo says :

    Já que você citou o Fluminense em 1996, poderia lembrar que um dos responsáveis pelo rebaixamento do Fluminense naquele ano foi o Flamengo, que, em atitude antidesportiva, entregou o jogo para o Bahia, o que é muito mais vergonhoso que cair. Assim como muito mais vergonhoso do que ter caído com o vexame do Flamengo e do Atlético PR foi o próprio Atlético e o Corinthians se verem envolvidos em escândalo de manipulação de resultados, a verdadeira causa de o Fluminense não ter sido rebaixado, já que tinham que cair os clubes corruptos. Sobre 1933, é verdade, o Flamengo não podia ser rebaixado porque não teria ninguém para subir em seu lugar. A segunda divisão foi criada em 1934.

    • Rafael Leite says :

      O Flamengo perdeu a última partida para o Bahia, não sei se houve entrega, não lembro da partida. De qualquer forma fica difícil ter certeza que ocorreu, no máximo pode-se falar em possibilidades.

  67. Marco Mesquita says :

    Rafael, você tem uma paciência, 90% das suas respostas é jogar pérolas para os porcos. SRN

  68. ADRIANO LUZ says :

    Segue nos links abaixo os campeonatos de segunda divisão do carioca de 1933 e 1934 tanto pela AMEA quanto pela LCF.

    Quebrando totalmente a tese de que não existia rebaixamento em 1933:

    AMEA 33 – http://www.rsssfbrasil.com/tablesr/rj1933l2.htm
    AMEA 34 – http://www.rsssfbrasil.com/tablesr/rj1934l2.htm
    LCF 33 – http://www.rsssfbrasil.com/tablesr/rj1933sub.htm
    LCF 34 – http://www.rsssfbrasil.com/tablesr/rj1934sub.htm

    Saudações vascaínas (tenha um pouco de dignidade e não apague o meu post).

    • Rafael Leite says :

      Como já respondi várias vezes aqui, esses campeonatos não eram uma segunda divisão, mas uma subliga dos campeonatos principais. Basta procurar entre os comentários.

  69. decio rocha says :

    ESTE PROBLEMA DE REBAIXAMENTO DO FLAMENGO, QUE NUNCA HOUVE E NUNCA VAI HAVER, É PROBLEMA DE INVEJA DE PAULISTA, RECALCADOS PORQUE O TRIO DE FERRO JÁ FOI REBAIXADO, ESPECIALMENTE O CORINTIANS E PALMEIRAS NO BRASILEIRÃO AI FICAM IMPLICANDO COM O MAIS QUERIDO DO BRASIL. PURA INVEJA, AGORA TRAS A RELAÇÃO DE JOGOS DO FLAMENGO NA SEGUNDA DIVISÃO CARIOCA DE 1934, AI EU QUERO VER. VAZEM ANTIS PAULISTAS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 249 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: