Cadê o DETRO?


Hoje de manhã acordei cedo para pegar o ônibus para São Fidélis de 7 horas na esperança de que ele estivesse vazio. Infelizmente não foi o que aconteceu. Parece que hoje tinha processo seletivo do CEDERJ e o ônibus veio bem lotado como pode ser visto na imagem abaixo.

DSC00519

Acontece que já na rodoviária tinha no mínimo 20 pessoas em pé (chutando por baixo). Aí eu pergunto: porque a Viação Brasil não coloca mais ônibus nestes casos, quando percebe que o ônibus que vai sair está com muitas pessoas em pé? Pergunto ainda, onde está a fiscalização do DETRO que, fazendo seu trabalho, praticamente acabou com o transporte alternativo entre São Fidélis e Campos? Sou contra estas lotações ilegais sim, mas já que eles fiscalizam estas pessoas, porque não fiscalizam também esta empresa que SEMPRE tratou mal os passageiros, com os ônibus lotados andando em altíssima velocidade, colocando a vida dos passageiros em risco.

Onde está o DETRO quando esta malfadada empresa atrasa a saída do ônibus por 20, 30, 40, 50 minutos deixando os passageiros na mão? O DETRO estava presente quando a Auto Viação 1001 ficou proibida de fazer o transporte São Fidélis – Campos para fiscalizar a mesma. Mas nunca está presente para fiscalizar a Brasil quando comete estes abusos. Abusos estes que já denunciei inclusive por e-mail a todos os deputados estaduais este ano e nenhum tomou providência. Esta reclamação foi dada a um ano atrás e só dois deputados me responderam, mas não apresentaram nenhuma solução.

Coloco abaixo uma cópia deste e-mail, mas deixo duas perguntas: ONDE ESTÁ O PODER PÚBLICO ESTADUAL QUE NÃO FISCALIZA A VIAÇÃO BRASIL? E PORQUE NUNCA HOUVE INTERESSE EM FISCALIZA-LÁ, SERÁ PURA INCOMPETÊNCIA OU HÁ ALGO MAIS?

Ilmo Sr(a). Deputado.
Estou mandando este e-mail para reclamar da Empresa Brasil que faz o transporte intermunicipal entre São Fidélis e Campos.
A empresa não respeita o consumidor. Seus ônibus nunca estão com o ar-condicionado funcionando, somente no inverno que funciona.
Estou cansado de andar no ônibus com 30, 40 pessoas em pé.
Além disso, os ônibus sempre atrasam, dificultando a vida de quem mora em São Fidélis e trabalha em Campos.
Além disso, a empresa entrou com um processo contra a Auto Viação 1001 e conseguiu tirar as linhas que a mesma fazia entre São Fidélis e Campos. Em vez de aumentar o número de linhas para compensar a "falta" da Auto Viação 1001, a empresa simplesmente manteve os horários.
Para exemplificar, toda segunda-feira eu pegava o ônibus de 6:35 da 1001, que vai para Macaé, passando por Campos. Além desse horário a Auto Viação 1001 possuía o de 6:45 e a Brasil o de 6:30. A Brasil simplesmente não adicionou nenhum ônibus na mesma faixa de horário. Ou seja, as 30 ou 40 pessoas que iam de 1001 para Campos passaram a ir de Brasil às 6:30. O ônibus que já ia lotado, passou a ir de forma extremamente perigosa. Segunda-feira passada tinha umas 50 pessoas em pé dentro do ônibus.
Peço que o deputado faça uma verificação sobre o assunto, pois estamos rendidos à empresa, já que não existe mais concorrência.
Desde já agradeço pela atenção,
Rafael Leite de Freitas

P.S.: A Auto Viação 1001 felizmente conseguiu reativar alguns horários para o transporte São Fidélis / Campos na justiça.

Anúncios

Tags:, , ,

About Rafael Leite

Sou um cara que gosta muito de tecnologia, esportes, política e de ler um bom livro.

2 responses to “Cadê o DETRO?”

  1. Ianne says :

    Isso é Brasil. Literalmente!! Uma verdadeira vergonha o que passamos em função desta empresa.
    Uma coisa é fato, se houvesse concorrência, eles iriam falir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: