Prefeitura do RJ acusada de fazer desapropriações ilegais em nome da Copa e das Olímpiadas


Não destruíram só o Maracanã

O programa Histórias do Esporte da ESPN exibiu no começo deste mês uma reportagem denunciando a desapropriação ilegal de moradores de comunidades carentes do Rio de Janeiro. Essas desapropriações estão sendo feitas para a construção da Trans-Oeste, que vai ligar a Barra da Tijuca a bairros como Campo Grande.

Mais de 3500 famílias já perderam suas casas. Algumas dessas famílias estão sendo removidas por estarem no perímetro de segurança dos eventos. Ou seja, pobre não pode ficar perto das Olimpíadas e da Copa.

Uma defensora pública participou do programa, dizendo que havia sido afastada da coordenação que tratava desses casos por ter feito denúncias defendo essas famílias. O programa denúncia também a realização de encontros dos governantes com membros da justiça onde teriam sido feitos acordos com a justiça para não “tumultuar” os processos das obras.

Outra denúncia feita pelo programa é de que as famílias estão recebendo indenizações que não são suficientes para comprar outros imóveis. Além disso, estão sendo removidas para bairros distantes de onde moravam, o que contraria a Lei Orgânica do município, que obriga a prefeitura a alocar as famílias a uma distância de no máximo 7 km.

Para mim, o mais absurdo é saber que a grande mídia simplesmente ignora esses absurdos que estão ocorrendo em nome desses eventos.

A reportagem pode ser assistida em http://goo.gl/WE9tQ

Anúncios

Tags:, , , ,

About Rafael Leite

Sou um cara que gosta muito de tecnologia, esportes, política e de ler um bom livro.

9 responses to “Prefeitura do RJ acusada de fazer desapropriações ilegais em nome da Copa e das Olímpiadas”

  1. Marcelo says :

    Muito interessante. Sou advogado e já representei desapropriados em algums desapropriações na cidade do Rio de Janeiro. O que falta é a representação por parte de um advogado que conheça do assunto na defesa dos direitos dos desapropriados, que ficam desamparados no decorrer do curso do procedimento de desapropriação.

    • Rafael Leite says :

      Apesar de não ser advogado, concordo com sua visão. E digo mais, os políticos estão se aproveitando da falta de conhecimento dos desapropriados para cometerem esses abusos.
      Quando assisti a reportagem, me senti profundamente enojado com esses absurdos que estão sendo cometidos com a imprensa simplesmente ignorando os fatos.
      É muito triste ver a conivência da grande mídia com esses abusos.

  2. elaine says :

    Meu apt ainda não foi desapropiado e mesmo assim meu predio foi todo depenado os funcionários levaram todas as janelas e portas os moradores donos do apt foram espulsos sem ter pra onde ir pois não receberam nada ainda. estou no meu apt sem condição humana de viver com minha família posso ficar sem água e luz a qualquer momento a sindica já chamou varias midias mas nenhuma quer fazer esta matéria.

    • Rafael Leite says :

      Que absurdo!
      Você já tentou entrar em contato com a ESPN Brasil?
      Eles estão fazendo denúncias contra esses abusos da Copa e das Olimpíadas direto.
      Tente entrar em contato com eles via e-mail ou twitter mesmo.
      Se tiver tendo dificuldade em entrar em contato com eles, deixe outro recado aqui que tento entrar em contato com eles também (não conheço ninguém lá, mas posso mandar mensagens para os programas deles, que eles lêem sempre ao vivo mesmo).

  3. decio junior de morais says :

    eu tenho um imovel em goianesia go, que foi avaliado pela imobiliaria no valor de 19.000.00 [Nota do administrador: Comentário editado por conter acusações a terceiros.] que foi avaliado pela prefeitura por 1000.00 me desapropiou e passou uma rua nele isto esta certo..

    • Rafael Leite says :

      Não sou advogado, mas te recomendo a procurar ou a defensoria pública ou um advogado particular para verificar sua situação.
      Esta diferença de 18 mil reais entre duas avaliações é muito grande, o que demonstra que pode ter ocorrido um erro da prefeitura sim.
      Torço para que consiga resolver seu problema.

  4. Décio junior de morais says :

    Procurei a defensoria pública me falaram que o prefeito pediu para avaliar em 1000.00 eles falaram que trabalham para o prefeito, os avaliadores são da prefeitura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: